Encarnado e Branco

TVGolo.com - Novos Golos

terça-feira, 7 de abril de 2009

Encomenda a José Delgado?

Sabe-se que José Manuel Delgado é a "voz" da Direcção benfiquista n'A Bola. Ficaram célebres algumas "análises" encomendadas como aquela do Miccoli.
Hoje Delgado atira-se a Quique com autoridade. Cheira-me a encomenda da Direcção para ir tendo motivos para interromper o projecto caso o Benfica não chegue ao 2º lugar. Ou terá sido tudo da cabeça do advogado jornalista?

Quadratura do círculo
Quique não tira o melhor de cada jogador Porque são compatíveis com o sistema

Por
josé manuel delgado


FALTA então saber por que razão bons jogadores não fazem uma boa equipa. Do ponto de vista físico, passado o impacto inicial, atribuível a uma alteração de métodos, a verdade é que a condição actual está longe de impressionar. Essa realidade ficou à vista de todos no jogo contra um Estrela da Amadora que treina às prestações e nem às prestações recebe salários. Do ponto de vista táctico, o mínimo que pode dizer-se é que os encarnados têm vivido numa maré de equívocos.

LOGO à partida, Quique Flores pretendeu um modelo de 4x2x3x1, manifestamente desadequado para o plantel de que dispunha. Optar por um só avançado (tendo Cardozo, Suazo e Nuno Gomes) era redutor, e se na esquerda Reyes e Di María davam conta do recado, na direita o megaflop que dá pelo nome de Balboa, deixou o Benfica ferido de asa, obrigado a adaptar ou Rúben Amorim ou Di María. àquele sector.

OUTRO problema grave tem a ver com o duplo-pivot. Está à vista de todos que Yebda não completa Katsouranis, e apesar da irregularidade de Carlos Martins, o antigo sportinguista não pode ser uma carta fora do baralho, tão-pouco Rúben Amorim tem de ser sacrificado junto à linha quando rende muito mais por dentro. Tantos equívocos, num plantel formatado para jogar em 4x4x2 em losango, não podem ter um bom fim. E, das duas uma: ou muda Quique, ou muda o Benfica... de Quique.

RECUANDO no terreno, percamos algum tempo com a defesa do Benfica. Com Maxi e Luisão indiscutíveis e a experiência de David Luiz na esquerda... a mostrar-se sofrível, que se terá passado para que um jovem com a qualidade de Sidnei tenha passado para última opção? Perante a ausência de Luisão, no domingo, apostar em David Luiz para o meio e deixar Sidnei (que, pese embora o valor de Miguel Vítor, é mais jogador e devia ser titular) no banco não lembraria nem a... Koeman.

Epara finalizar, Pablo Aimar. Como é possível que o Benfica tenha recuperado fisicamente um dos melhores 10 do Mundo e o encoste à esquerda, a fazer de 11? Mete-se pelos olhos dentro que Aimar, neste contexto, deve actuar nas costas de Nuno Gomes e Cardozo, apoiado por trás por Rúben Amorim, Katsouranis e Reyes.

SE Quique Flores não arrepiar caminho, dificilmente o Benfica chegará à segunda pré da Liga dos Campeões, muito menos ao título nacional. Para uma equipa jogar como os encarnados fizeram na Reboleira, a explicação de que foi uma noite má não serve, é apenas poeira para os olhos.
QUANDO o Benfica arrancou para a época de 2008/09, foram criadas expectativas muito altas em torno da equipa que ia ser construída. Com Rui Costa ao leme do futebol, a questão do treinador (depois de Queiroz e Eriksson terem declinado) foi resolvida com um nome bem visto pela generalidade dos observadores e adeptos, o espanhol Quique Flores, e, com os olhos no título, foram chegando reforços sonantes.

UMA vez escolhido o treinador, o esboço da equipa tornou-se deveras entusiasmante para a nação encarnada, só assim se explicando a excelente afluência de espectadores ao estádio da Luz. Aimar, Balboa, Carlos Martins, Yebda, Reyes, Rúben Amorim, Sidnei, Suazo foram os nomes que fizeram sonhar os benfiquistas e prometeram bom futebol. Porém, salvo raras e honrosas excepções, ficaram-se pelas promessas...

INDISCUTÍVEL, absolutamente pacífico em todos os quadrantes, parece ser o facto do Benfica jogar claramente abaixo dos mínimos exigíveis. A confrangedora apresentação na Reboleira, no passado domingo, foi apenas a mais recente (e a mais gritante!) manifestação de incapacidade colectiva dos encarnados. Sem ideias, sem confiança, sem mecanização, sem solidariedade, enfim, sem nada daquilo de que são feitos os campeões, eis o retrato, pouco lisonjeiro mas realista, do Benfica de 2008/2009.

QUIQUE FLORES argumenta que a equipa tem mais cinco pontos que o ano passado e está a cinco pontos do primeiro, enquanto que em 2007/08 estava a 16. Todavia, é bom não esquecer que há muitas épocas que o Benfica não tinha um plantel tão bem apetrechado e que, ainda em 2006/07, Fernando Santos, na mesma altura da prova, tinha mais seis pontos do que Quique tem agora e estava a um ponto do líder. Além disso chegou aos quartos-de-final da Taça UEFA!

UMA coisa é certa, quando faltam sete jornadas para acabar a época e o Benfica ainda continua com reais hipóteses de discutir pelo menos o segundo lugar: falta muito, mas mesmo muito, para que os encarnados atinjam um nível de produção média compatível com as expectativas.

ENQUANTO esta realidade não for assumida, os sócios bem podem sonhar com a Champions, o presidente bem pode encontrar meios para contratar jogadores pagos a peso de ouro, que o Benfica não vai a lado nenhum. Mais árbitro, menos árbitro, uns a favor outros contra, a verdade é que este Benfica joga pouco.

Etiquetas: ,

posted by J G at 2:09 da tarde

23 Comentários:

quique flores, um treinador que caiu de paraquedas no nosso clube. é um treinador que:

- nao tem curriculo como treinador
- faz as suas equipas praticarem um futebol mediocre e sofrido (perguntem na marca aos valencianos se nao é verdade)
- falha nas substituiçoes
- falha nas contrataçoes (ainda vem que depois do Balboa, nao veio o Codina)
- vem para imprensa criticar os melhorzitos - reyes, sidnei
- nao tem ambição - já se contenta com o terceiro lugar
- é um treinador, ao contrário dos outros que passaram pelo Benfica, que teve os reforços que queria

Será que há algum aspecto positivo no Quique? pronto é uma pessoa honesta e correcta mas isso nao chega!

Ernesto Valverde - treinador quer colocou o Espanhol de Barcelona e o Olympiakos a jogar mto bom futebol!
Anonymous Anónimo, at 2:28 da tarde  
JG, obrigado por teres disponibilizado este texto do JMD. Mas já agora, gostava de saber a tua opinião em relação ao mesmo.
Blogger GR1904, at 3:01 da tarde  
GR1904 :

a minha opinião vai no sentido de não mudar por mudar.
e eu prefiro aguardar até ao fim da época para fazer um balanço sério.

não entro no jogo do bota abaixo e de lançar nomes.
vou aguardar.
Blogger J G, at 3:06 da tarde  
Alguém aí atrás escreveu que Ernesto Valverde pôs Espanyol e Olympiakos a jogar bom futebol - subscrevo e acrescento que deu 5-1 ao Quique...
Blogger Paulo Santos, at 3:22 da tarde  
Quique entusiasmou-me no ínicio mas agora.........vejo que é uma anedota de treinador!! Dez meses de trabalho e nada?!?!?!!? Se ainda forem a tempo contratem o Jorge Jesus ou então o Ernesto Valverde........e abram os olhos e vão buscar o VEIGA!!!!
Anonymous Helder, at 4:01 da tarde  
Por mais que o texto toque nos pontos fortes (ou fracos) da nossa carreira na liga este ano, considero prioritário continuar com o Quique na próxima época. Vejamos caros consócios: à quantos anos não temos um treinador que fique mais que um ano? Esta instabilidade é que nos prejudica. Se tem que ser é agora, exactamente por termos um director desportivo capaz, que certamente cometeu erros de principiante. Agora é o momento de apostar. Sei que custa, mas é o momento.
Tiago
Anonymous Anónimo, at 4:02 da tarde  
E que tal contratar José Manuel Delgado para treinador do Benfica? Já que parece tudo tão fácil, não é? Coitado do Quique, tem culpas no cartório mas não é o único, nem tão pouco o principal responsável. Mas esse persiste em esconder-se atrás dos treinadores e dos directores-desportivos. Vocês sabem do que estou a falar.
Anonymous Et Pluribus Unum, at 4:16 da tarde  
JG, não era sobre uma eventual mudança de treinador que queria saber a tua opinião. Mas sim se concordas com o texto do JMD.
Blogger GR1904, at 4:58 da tarde  
Concordo com o que o Et Pluribus Unum disse.

Aconselho a leitura do tópico abaixo antes de incentivarem a destruir o Benfica: http://geracaobenfica.blogspot.com/2009/04/benfica.html
Blogger GeracaoBenfica, at 6:07 da tarde  
por acaso nao concordo com o etpluribusunum.

porque foram dadas ao quique todas as condiçoes que mais nenhum treinador do Benfica nos ultimos largos anos teve. e quem deu essas condiçoes? esse mesmo que se esconde atras dos directores desportivos e afins.

simplesmente o treinador nao sabe ou nao consegue tirar o rendimento minimo exigivel com os recursos que tem à disposiçao.
Anonymous tiffosi, at 6:31 da tarde  
Só com uma diferença, geração Benfica. É que eu defendo a imediata remoção do actual presidente do Benfica, enquanto tu defendes que ele se eternize no poder. Eu acho que é indiscutível que ele já não dá mais, tu e os teus amigos vão ordeiramente votar no homem que vende ilusões mas não ganha campeonatos. Portanto, não te iludas, não estamos no mesmo lado da barricada e quando tu dizes no teu blogue que os benfiquistas equilibrados devem votar no Vieira, eu digo, não são equilibrados, são conformados. Eu não me conformo com as promessas do vendedor de banha da cobra que temos como presidente. Eu não quero mudar de treinador, não quero mudar de director desportivo, MAS QUERO MUDAR DE PRESIDENTE, QUERO MUDAR DE DIRECÇÃO. EU QUERO GANHAR, ESTOU-ME A CAGAR PARA O CENTRO DE ESTÁGIO, PARA A RECUPERAÇÃO FINANCEIRA QUE NÃO EXISTE - O EAGLE QUE FALE COM ECONOMISTAS A SÉRIO, POR EXEMPLO OS DA DELOITTE QUE ELES EXPLICAM - E PARA ESTE PAGODE QUE ELE MONTOU PARA VOS DISTRAIR COM O APITO DOURADO.
Anonymous Et Pluribus Unum, at 6:38 da tarde  
Claro tiffosi, o mesmo que anda a vender banha da cobra aos benfiquistas à oito anos. E o que é que tu entendes por condições. O dinheiro para contratar jogadores? É isto? E o resto? E a cultura de exigência, e a liderança e a organização? Não te interessa isto? É que sem estas coisas sabes quando é que voltas a ganhar? Daqui a vinte anos. Por amor de Deus, abram os olhos, daqui a nada o FC Porto tem tantos títulos como o Benfica e depois, o que é que fica? Nada. Ou por outra. Fica o homem dos pneus, que vocês gostam tanto.
Anonymous Sinal Vermelho, at 6:42 da tarde  
Claro tiffosi, o mesmo que anda a vender banha da cobra aos benfiquistas à oito anos. E o que é que tu entendes por condições. O dinheiro para contratar jogadores? É isto? E o resto? E a cultura de exigência, e a liderança e a organização? Não te interessa isto? É que sem estas coisas sabes quando é que voltas a ganhar? Daqui a vinte anos. Por amor de Deus, abram os olhos, daqui a nada o FC Porto tem tantos títulos como o Benfica e depois, o que é que fica? Nada. Ou por outra. Fica o homem dos pneus, que vocês gostam tanto.
Anonymous Sinal Vermelho, at 6:43 da tarde  
meu caro Et Pluribus Unum:

1. eu NUNCA disse em lado nenhum que deveriam votar no Vieira, no Veiga ou qualquer outro. POR ISSO CUIDADINHO COM AS PALAVRAS!

2. O que afirmei sobre as eleições é que cabia ao Vieira apresentar um projecto para ser avaliado e sufragado, e que, se fosse nos moldes que espero, teria o meu apoio. Mas se nao for........ obvio que não o terá.

3. O que está aqui em causa não é o presidente Vieira ou qualquer outro aspirante a tal cargo, o que está aqui em causa sao análises de quem está de fora... logo, nao racha lanha!

4. É engraçado como um jornalista como o JMD, vira ENCOMENDA quando interessa aos Benfiquistas desestabilizar. Cabe la na cabeça de alguem que um presidente, administrador ou director desportivo fossem promover na imprensa uma campanha contra o treinador que ELES escolheram e a quem ELES pagam?

FODA-SE! Mas está tudo estúpido ou quê?

O JMD pode até ser benfiquista e uma pessoa bem aceite na Luz, pelo seu passado. Mas daí a reduzirem o jornalista e homem, a uma personagem encomendada.

Barda merda!
Blogger GeracaoBenfica, at 8:07 da tarde  
Sinal Vermelho: não percebeste o que eu escrevi... eu nao gosto do LFV e estou farto da sua eternização. Portanto, estamos do mesmo lado da barricada. O que eu disse foi que o LFV deu todas as condiçoes ao Quique para ele fazer um trabalho bem melhor do que tem apresentado. E isso não so nao se verifica como temos estados abaixo do minimo exigivel!
Anonymous tifosi, at 12:10 da manhã  
Agora a culpa é do Quique. Pois, já se está a preparar a próxima facad... errr, chicotada, chicotada. Quem é o próximo, para o ano? No estado actual de coisas, nem com Mourinho erámos campeões. O problema ultrapassa o treinador, ou não estaríamos todos os anos a mudar, mudar e mudar consecutivamente.

Muito mais poderia ser dito/escrito...

Mais aqui: www.catenacc10.blogspot.com
Blogger Catenaccio, at 9:30 da manhã  
Concordo por inteiro com o Delgado. E estou-me nas tintas se é encomenda ou não. O Delgado não precisa de encomendas para saber pensar. Lógico que não faz sentido mudar de treinador antes do final da época. Mas faz sentido falar-se nisso, faz sentido preparar a próxima. A equipa joga um futebol miserável. Já era tempo de não ser assim. E Quique tem e teve um espaço de manobra que nenhum treinador benfiquista teve nos últimos anos. Quer a nível de reforços, quer a nível de paciência da massa adepta e direcção. Fernando Santos - que nunca foi o "meu" treinador - não gozou de um décimo do estado de graça de Quique - que sim, é uma pessoa bem formada e correcta. Quando o vejo e escuto lembro-me sempre daquele velho ditado: "Mais vale cair em graça, do que ser engraçado."

Saudações benfiquistas,
Tiago Pires
Anonymous Anónimo, at 12:28 da tarde  
Outra: o Jesualdo é um caso típico para ser analisado. É e sempre foi um treinador competente. E era um treinador da afeição de Luís Filipe Vieira. Mas compare-se o espaço de manobra que a massa adepta benfiquista deu a Jesualdo com o que dá a Quique. Jesualdo nunca foi "amado" da mesma maneira que Quique foi (ou ainda é por alguns sectores). Porquê? Por ser português e não ser da "nova geração" de treinadores. E Jesualdo é menos capaz ou percebe menos de bola que Quique? Nem por sombras.

Tiago Pires
Anonymous Anónimo, at 12:35 da tarde  
Geração Benfica, o que Delgado escreveu é uma encomenda e só não vê isso quem se deixa cegar pela propaganda. Estou-me borrifando para saber se gostas ou não gostas do Vieira. Aliás, se gostas e se queres, tens bom remédio, vota nele nas próximas eleições. E nas próximas, e nas próximas e nas próximas. Não venhas é para aqui depois chorar porque os treinadores são maus, porque o Benfica não ganha. Não ganha porque temos uma direcção banal e incompetente e um director-desportivo muito verde para isto. E temos um presidente que se esconde sempre atrás de qualquer um. Agora é o Quique Flores, no futuro será o Scolari ou outro trunfo qualquer que ele tirar da manga para ganhar as eleições e assim voltar a enganar as eleições. A mim ele não me engana mais e dou graças a Deus por serem cada mais os benfiquistas que não se deixem enganar. Talvez assim possamos ir a tempo de evitar mais um mandato trágico de três anos de Vieira no Benfica.
Quanto ao resto, meu caro, faço minhas as tuas palavras.
Barda Merda.
Anonymous Et Pluribus Unum, at 3:10 da tarde  
A cada dia que passa, o Veiga ganha mais 100 votos. Só não sei se isso será bom, ou mau.
Blogger Catenaccio, at 4:53 da tarde  
Et Pluribus Unum, conordo plenamente contigo!! Que dizes a José Veiga a presidente?

Abraço
Blogger Helder, at 4:54 da tarde  
Veiga a presidente, mas está tudo doido? Fdx.
Encomendado ou não, é um texto muito esclarecido e claro daquilo que tem sido a época do nosso Benfica.
Anonymous Anónimo, at 8:19 da tarde  
Caro anonimo

Não, nao tou maluco!! Você já viu os resultados com Veiga e sem Veiga? Com ele não há tangas nem se brinca em serviço! Veiga sabe o trilho para as vitórias!!
Anonymous Helder, at 8:45 da tarde  

Comentar