Encarnado e Branco

TVGolo.com - Novos Golos

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

O Famoso Penalti de Jardel

No ano em que os lags foram campeões com uma quantidade de penaltis a favor absolutamente comovente houve um que nos comoveu mais do que outros. O famoso penalti sobre Jardel na Luz que converteu uma vitória do SLB num empate a 2-2.
Os nossos rivais ainda hoje não gostam de falar disso e dizem que todos os penaltis foram assinalados correctamente.
Em relação ao tal penalti da Luz passemos a palavra ao próprio protagonista:
«Sofri todas as faltas que originaram penalties, não simulei nenhuma, nem mesmo aquela frente ao Benfica em que o defesa soprou-me nas costas [risos].»
Bem me parecia...

Etiquetas:

posted by J G at 11:28 da manhã

6 Comentários:

AHAHAHAHAH, DEMAIS!!!! DEMAIS!!!! QUE PARVINHOS, ESTES LAGS VISCOSOS, QUE PALHAÇOES!!!!!
Anonymous Anónimo, at 12:21 da tarde  
Qual o propósito deste post?
Anonymous Anónimo, at 2:18 da tarde  
"Qual o propósito deste post?"

Exorcizar ressabiamentos profundos.
Anonymous Raposo, at 2:33 da tarde  
Pelo comentário nota-se quem é que está ressabiado...há verdades q doem !!!

LooooL

Cump.s
CCF
Anonymous Anónimo, at 3:50 da tarde  
Pelo contrário, todos os "lags" que conheço gostam imenso de comentar esse lance. Foi, como dizer, justiça divina. Sei que não se recordam porque não convém, mas houve um penalti não marcado a favor do Sporting nos primeiros minutos, depois um penalti inventado para o Benfica, quando a bola bate na mão do Beto, que saltou, como mandam as regras, com braço bem colado ao corpo. Depois, repôs-se a verdade com um penalti inventado pelo Jardel, e cereja no topo do bolo, Jardel marca novamente enquanto esse esteio benfiquista, João Manuel Pinto, o agarrava desesperado (não fosse golo e, voilá, seria mais um penalti).
Enganas-te João, adoramos falar desse jogo. E essa dos penalties comoventes... Quando se tem Jardel, João Pinto, Niculae ou André Cruz eles acontecem (é difícil travar o talento legalmente). Não foram mais nem menos, foram os justos - incluindo o penalti que não o foi do Jardel na Luz (justiça divina, amigo, justiça divina).

Abraço,

Mário.

PS: Aproximam-se dois derbies. Estou feliz e, naturalmente, ansioso. A bela e centenária rivalidade a fazer das suas...
Blogger De Franceschi, at 4:13 da tarde  
É uma pena a selectiva memória benfiquista que nunca fala do penalti ridículo assinalado pela bola na mão do Beto e que deu o 1-0 ao Benfica. Quer-me parecer que é um esquecimento natural e não a má vontade em admitir o óbvio.

João T
Anonymous Anónimo, at 6:32 da tarde  

Comentar