Encarnado e Branco

TVGolo.com - Novos Golos

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

E a Mim Quem Me Motiva?!

"A função de motivar os jogadores é sempre do treinador e é ele quem tem de criar um ambiente no balneário"

Regina Brandão (psicóloga), em declarações a O JOGO

Etiquetas:

posted by J G at 10:39 da manhã

2 Comentários:

Esta declaração não deve ser levada à sério.
Deve ser entendida como fazendo parte de uma estratégia para desestabilizar o Benfica, colocar em causa o treinador do Benfica e os seus dirigentes, e eventualmente, servir para arranjar um melhor emprego à senhora psicóloga.

Seguindo o raciocínio inerente à as afirmações da senhora psicóloga, a função de motivar os empregados de uma empresa é do patrão.

O que não explica, então, porque é que existem empresas com psicólogos nos departamentos de recursos humanos.


Este tipo de afirmações acontecem porque a imprensa portuguesa - já não é de agora - está cheia de avençados do Fc porto e está cheia de gente que tem interesses a defender e dinheiro a ganhar com a veiculação constante de afirmações deste tipo.


Para por os adeptos e os sócios a fazerem barulho, desestabilizarem o clube, e aquilo descambar para a anarquia.
O que, por sua vez, leva a mais noticias destas, mais opiniões mais gente a ganhar dinheiro ,etc.


Quanto aos jogadores são pagos ao que se sabe , a tempo e horas, e não ganham 420 euros de salário como muitas pessoas, neste pais, infelizmente ganham.

Portanto parece-me que já estão bastante motivados com os ordenados que ganham.

Se não estão motivados que se motivem.

Os jogadores do Benfica tem que deixar de ser tratados como florzinhas do campo e começarem a ser tratados como homens adultos.


Se recebem um ordenado adulto também tem que ser tratados de forma adulta
OpenID dissidentex, at 10:58 da manhã  
Ainda ontem estive presente nas IV Jornadas Técnicas de Futebol e ouvi o Cajuda ter uma declaração curiosa. Dizia ele, não exactamente por estas palavras, que era amigo dos jogadores. Que passava mais tempo com eles, do que com os dirigentes. Mas, que não os apaparicava. Não havia razão para tal. Os jogadores são bem pagos, têm uma vida privilegiada e motivação devia ser sempre uma palavra presente nas suas vidas.
Blogger catenaccio, at 3:00 da tarde  

Comentar