Encarnado e Branco

TVGolo.com - Novos Golos

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Champions League: Calendário Grupo D

1ª jornada

AC Milan-Benfica 18/09
Shakhtar-Celtic 18/09

2ª jornada

Celtic-AC Milan 03/10
Benfica-Shakhtar 03/10

3ª jornada

Benfica-Celtic 24/10
AC Milan-Shakhtar 24/10

4ª jornada

Celtic-Benfica 06/11
Shakhtar-AC Milan 06/11

5ª jornada

Benfica-AC Milan 28/11
Celtic-Shakhtar 28/11

6ª jornada

AC Milan-Celtic 04/12
Shakhtar-Benfica 04/12

Etiquetas:

posted by J G at 10:31 da manhã . | link | 5 Comentários

Champions League: As Nossas Hipóteses

Começamos em Milão. É bom. Nada há a perder. Uma derrota sem S.Siro perante o campeão europeu não envergonha ninguém, e tudo o que vier a mais é lucro. Fica despachado o jogo mais complicado.

Recebemos o Shakhtar, e logo a seguir o Celtic. Óptimo calendário! Temos que fazer aqui 6 pontos e acabar a primeira volta bem lançados no grupo. Com os escoceses em casa somos obrigados a vencer, pois até o Santos lhes deu 3 na época passada. Os ucranianos na Luz não podem pontuar se queremos ter aspirações na Europa.

Depois da dupla jornada em casa uma viagem a Glasgow para pontuar e apagar a má imagem da época passada. Aqui pode ser a chave do apuramento. Um resultado positivo na Escócia vai criar uma onda positiva para a recepção ao Milan na jornada seguinte na Luz. Destes dois jogos pode depender o nosso sucesso na Europa.

Fechamos o grupo na Ucrânia contra o Shakhtar. Aí tudo pode acontecer em função dos pontos que precisarmos, embora seja uma viagem muito complicada.
Há esperança em continuarmos na Champions.

Etiquetas:

posted by J G at 9:36 da manhã . | link | 5 Comentários

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Champions League: Grupo D

Etiquetas:

posted by J G at 6:31 da tarde . | link | 3 Comentários

Se Fosse Eu a Escolher...

Real Madrid - por questões geográficas e económicas tendo em vista uma deslocação para ver o jogo.
Steua Bucareste - por que acho que nos damos sempre bem com estes moços.
Rosenborg - para os golearmos na Luz e sofrermos um pouco lá.

Está feito.

Etiquetas:

posted by J G at 1:54 da tarde . | link | 4 Comentários

Sorteio às 17h

POTE 1:
AC Milan (Ita)
Barcelona (Esp)
Liverpool (Ing)
Inter Milão (Ita)
Arsenal (Ing)
Real Madrid (Esp)
Manchester United (Ing)
Chelsea (Ing)

POTE 2:
Valência (Esp)
Lyon (Fra)
FC Porto (POR)
Sevilha (Esp) ou AEK Atenas (Gre)
PSV Eindhoven (Hol)
AS Roma (Ita)
Benfica (POR)
Werder Bremen (Ale)

POTE 3:
Celtic (Esc)
Schalke 04 (Ale)
Estugarda (Ale)
Steaua Bucareste (Rom)
CSKA Moscovo (Rus)
Sporting (POR)
Lazio (Ita)
Marselha (Fra)

POTE 4:
Glasgow Rangers (Esc)
Shakhtar Donetsk (Ucr)
Besiktas (Tur)
Olympiakos (Gre)
Dínamo Kiev (Ucr)
Fenerbahce (Tur)
Slávia Praga (Che)
Rosenborg (Nor)

Etiquetas:

posted by J G at 9:49 da manhã . | link | 7 Comentários

PETIT, o Grande!


Ainda não tive oportunidade de comprar a nova camisola encarnada de mangas compridas. Se no ano passado decidi estampar o 4 com o nome de Luisão, esta época vou usar o 6 com o nome de Petit.
Hoje levou três pontos mas foi de uma alma do tamanho da Luz:
«Os três pontos davam jeito para o primeiro jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões.»
Petit
ENORME!

Etiquetas:

posted by J G at 2:23 da manhã . | link | 2 Comentários

Mourinho: Toma Lá o Novo Livre À Camacho

Todos se lembram do momento em que José Mourinho confessou ter roubado um livre a Camacho. Ainda hoje livres para a entrada da área são chamados de livres à Camacho.
Pois bem, a partir de hoje Mourinho tem mais um livre para estudar.
Vamos chamá-lo de Livre às três tabelas.
Rui Costa bate a bola à entrada da áerea, Cardozo ganha de cabeça para a direita do ataque, Nuno Gomes devolve de cabeça mas mais para a frente onde vai encontrar Katsouranis a marcar golo.
Assim:

Etiquetas:

posted by J G at 2:04 da manhã . | link | 4 Comentários

FC Copenhaga 0 - 1 Benfica


Pelo terceiro ano seguido estamos presentes na Liga dos Campeões. É lá o nosso lugar, por isso temos de estar contentes.
Esta noite em Copenhaga a equipa agora orientada por Camacho teve 90' para emendar todo equívoco que foi o último mês de Abril, altura em que se falava em ganhar a UEFA, e vencer o campeonato, e acabámos apurados para esta pré eliminatória.
Felizmente o Benfica foi cheio de atitude à Dinamarca e cumpriu à risca as palavras do técnico que tinha falado em esforço, sofrimento, e tentar marcar.
O Benfica aguentou muito bem a previsivel ofensiva dinamarquesa, com alturas a fazer lembrar o jogo da equipa de Camacho na Noruega há uns anos, e dois nomes merecem todos os elogios do mundo: Katsouranis, pelo que defendeu e pelo golo à ponta de lança que marcou, e Miguel Vítor, pelo que defendeu, e pela maneira atrevida como ainda apareceu em terrenos adiantados.
Jogar na Dinamarca contra avanaçados duros, e possantes, com um médio defensivo adaptado a central, e um puto a fazer o segundo jogo da vida a sénior e não sofrer nenhum golo é assinalável!

Foi complicado? Sofremos? Sim, sim... Mas isso já nós sabiamos que ia acontecer, a novidade foi ver Di Maria a arrancar bons pormenores, e uma equipa coesa cheia de atitude e a lutar pelo que queria. Há um ano com muito menos pressão jogámos a passo e viemos com um empate. Hoje ganhámos e conseguimos o apuramento com 3-1 de vantagem.
Há muito ainda para construir no Benfica, isso é certo. Mas pelo menos cumpriu-se o primeiro grande objectivo da época.
Espero que tenha sido a última vez que se insistiu numa ala direita com Luís Filipe e Nélson, espero que Di Maria ganhe forma depressa, espero que não se faça ao Miguel Vítor o mesmo que fizeram ao Rui Nereu, espero que todos percebam que o melhor jogador do nosso clube por estes dias se chama Petit! Que entrega, que exibição do nosso "6"!
Apesar dos sustos que Quim passou, e que a defesa do Benfica sentiu, a passagem do Benfica não tem discussão.
Que tenha sido o arranque para uma grande época.

Ficha de Jogo:

Jogo no Estádio Parken, em Copenhaga.
FC Copenhaga - Benfica, 0-1.
Ao intervalo, 0-1.
Marcador: 0-1, Katsouranis, 17 minutos.

Equipas:

- FC Copenhaga: Jesper Christiansen, William Kvist, Michael Gravgaard, Brede Hangeland, Niclas Jensen, Michael Silberbauer, Hjalte Norregaard, Rasmus Wurtz (Libor Sionko, 59), Atiba Hutchinson, Nordstrand (Ailton, 74) e Marcus Allback.
(Suplentes: Nathan Coe, Oscar Wendt, Bertolt, Libor Sionko e Ailton).

- Benfica: Quim, Nelson (Nuno Assis, 46), Miguel Vítor, Katsouranis, Léo, Luís Filipe, Petit, Rui Costa, Di Maria (Romeu Ribeiro, 74), Nuno Gomes (Bergessio, 90) e Cardozo.
(Suplentes: Butt, Miguelito, Romeu Ribeiro, Freddy Adu, Fábio Coentrão, Nuno Assis e Bergessio).

Árbitro: Eric Braamhaar (Holanda).
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Atiba Hutchinson (17), Cardozo (57), Katsouranis (68) e Miguel Vítor (77).
Assistência: Cerca de 40.000 espectadores.

Etiquetas: ,

posted by J G at 1:46 da manhã . | link | 3 Comentários

Estamos Lá!

Etiquetas:

posted by J G at 1:39 da manhã . | link | 0 Comentários

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Estádio Parken

Recupero a apresentação do estádio onde vamos jogar daqui a pouco. Há um ano publiquei aqui:

O estádio onde o Benfica vai começar a caminhada na fase de grupos da Liga dos Campeões 2006/07 é um palco pouco visitado pela alta roda do futebol europeu. É a primeira vez que está no roteiro da "Champions", mas já viveu uma noite empolgante com a visita do Ajax na pré-eliminatória.
O Parken é um estádio bonito, moderno e muito bem aproveitado. As suas bancadas fazem lembrar um pouco o Bessa, curiosamente a última paragem do Benfica, muito em cima do relvado e com duas camadas que fazem um ambiente bem quente, a contrastar com o habitual frio de Copenhaga.
Tem uma lotação de 41.600 lugares, com um estilo marcadamente britânico.
Hoje as bancadas vão estar cheias, com poucos portugueses, e não será um ambiente fácil para o Benfica.

Etiquetas:

posted by J G at 4:03 da tarde . | link | 1 Comentários

Encarnado e Branco no Jornal de Notícias

Na edição de hoje o Jornal de Notícias escolhe um texto deste blogue para ilustrar a página 50 dedicada a opiniões em blogues sobre o lance polémico do Dragão que deu o golo ao FC Porto.

Etiquetas:

posted by J G at 1:30 da tarde . | link | 3 Comentários

FC Copenhaga - Benfica

Estádio Parken
19h45 | TVI

Eric Braamhaar [Holanda]
Ari Brink + Patrick Gerritsen

FC Copenhaga
Treinador Stale Solbakken

1 | Christiansen GR
23 | Kvist LD
14 | Gravgaard DC
5 | Hangeland DC
3 | Niclas Jensen LE
8 | Silberbauer AD
6 | Wurtz MD
4 | Norregaard MD
13 | Hutchinson AE
9 | Nordstrand AV
11 | Allback AV

41 | Nathan Coe GR
17 | Wendt LE
22 | Bertolt MD
24 | Sionko AD
7 | Ailton AV

Benfica
Treinador José António Camacho

12 | Quim GR
22 | Nélson LD
4 | Luisão DC
28 | Miguel Vítor DC
5 | Léo LE
6 | Petit MD
8 | Katsouranis MD
10 | Rui Costa MO
20 | Di María MO
7 | Cardozo AV
21 | Nuno Gomes AV

24 | Butt GR
2 | Luís Filipe LD
11 | Miguelito LE
32 | Romeu Ribeiro MD
25 | Nuno Assis MO
16 | Fábio Coentrão AE
19 | Bergessio AV

Etiquetas: ,

posted by J G at 9:40 da manhã . | link | 0 Comentários

É Dia de Benfica!!

Não sei se acontece com os caros leitores, mas hoje dou comigo um pouco nervoso, e até algo ansioso pela hora de começo do Copenhaga-Benfica. Sei que os dinamarqueses não são nenhum colosso do futebol europeu, mas o traiçoeiro resultado de há 15 dias deixa margem para muitos pesadelos.
Já me habituei a ver o Benfica na Champions depois de anos em que a pré eliminatória foi uma decepção, Camacho já experimentou o sabor amargo de ver as portas da maior competição da Europa fecharem-se, e acho que hoje temos tudo para conseguir um bom resultado.
Em jeito irónico diria que Fernando Santos foi um visionário há um ano quando na 1ª jornada da Liga dos Campeões foi defender um empate a zero a todo o custo a Copenhaga quando na altura se pedia uma exibição convincente para vencer. Dava jeito esse resultado hoje, mas mesmo assim espero que esta nova versão do Benfica não se ponha a jogar à defesa o jogo todo a defender o golo , na verdade meio golo, que tem de vantagem. Sei que há muita limitação, sei que ainda está um plantel baralhado (31 jogadores!!) mas temos que atingir a Champions. Com dignidade, espero eu.
A parte do estar nervoso e ansioso é uma óptima notícia, voltei a vibrar e a ter esperança na minha equipa, durante a época passada antes dos grandes jogos o nervoso que sentia era abafado pelo sub consciente que me dizia que com aquele treinador nunca poderíamos vencer nada, simplesmente porque o homem está talhado para falhar. Agora há esperança.
Nunca mais começa o jogo, caraças!
Força Benfica

Etiquetas:

posted by J G at 8:16 da manhã . | link | 8 Comentários

terça-feira, 28 de agosto de 2007

Os Vitória-Nacional Deste País

Toda a gente diz que o futebol vai mal, que o futebol português não presta, que a qualidade é fraca. Chego à conclusão que a malta fala sem conhecimento de causa. Generaliza, fala só por falar.
Quem diz estas coisas não vê jogos como o de ontem à noite em Setúbal. A questão é mais profunda do que isso.
Eu gosto de futebol, mas não consigo aguentar um jogo inteiro do nosso campeonato sem mudar de canal. E gosto mesmo muito de ver futebol. Sou dos que preferem ir aos estádios do que ver na tv. De vez em quando gosto de ir ao Restelo ver o Belém. É o melhor estádio do país para ver bola. Fácil estacionamento, e mesmo à porta, boa visibilidade, e uma excelente paisagem alternativa quando os jogos são uma seca. Tão bonito ver o Tejo da bancada do Restelo.
Na tv se estiver a dar um jogo de Inglaterra acabo por ficar a ver sem mudar de canal. O mesmo com os outros campeonato grandes. Aliás, eu sou o gajo que mete férias de dois em dois anos em função das transmissões televisivas do Euro, ou Mundial, de maneira a não perder nenhum jogo.
Então o que me falta para conseguir aguentar um Vitória de Setúbal - Nacional?
O mesmo que ao resto da nossa população; paciência.
A coisa começa bem. Quero ver o que está a jogar o João Coimbra, tenho curiosidade em ver o Nacional que vai ser o próximo adversário do SLB na competição. Lá está, o SLB é afinal o grande motivo para eu estar ali a ver o jogo. Já tinha sido essa a razão que me fez ficar a ver o duelo entre os Vitórias em Guimarães.
Conclusão: este ano tenho que levar com os jogos do Setúbal porque ficamos sempre com as sobras deles. Estou sempre à espera de uma expulsão do adversário dos sadinos, ou outra infelicidade maior que beneficie o SLB. É sempre assim, a mentalidade já vai formatada por pensamentos maiores.
Ora, isto tira grande espaço à oportunidade de ver um jogo da nossa "beuin" (tal como pronunciou ontem Manuel Cajuda) com o simples prazer de apreciar um simples jogo de futebol. O facto de não haver quase nada de bom em jogos como o de ontem também ajuda a que não possamos extrair qualquer prazer.

O problema da qualidade do nosso futebol resume-se a isto: eu cá vejo por semana um jogo completo com toda atenção e sem ponta de isenção, em que o único prazer possível é ver o meu Benfica ganhar.
Depois há mais dois jogos que começo por ver. A duração do visionamento termina quando os dois rivais ficam em vantagem nos seus jogos. Portanto, aqui também não procuro qualidade de jogo, aliás o zero a zero nestes casos é um óptimo estado de espírito.
E com estes casos está feita a jornada, para o resto não há motivação, e como a qualidade das restantes equipas é o que se sabe...
A questão é que o próprio campeonato é uma seca para todas as equipas. São 30 jornadas que se cada clube pudesse escolher passavam a umas 6 ou 7.
O Setúbal e o Nacional estão-se nas tintas para o confronto entre eles. Reparem como nos últimos 3 encontros no Bonfim as equipas fizeram sempre o mesmo resultado; 1-1. Isto é de quem não quer mais.
São dezenas de jogos destes que não interessam a ninguém, nem às desmotivadas equipas, nem aos árbitros que podem roubar à vontade como ontem no golo fora de jogo do Setúbal, e ninguém os vai chatear porque aquilo não conta para nada.
Chegamos à conclusão que há 13 equipas que dão tudo por tudo para brilhar em 6 jogos do campeonato, ou seja, contra os 3 grandes. E dá ideia que é para essa meia dúzia de jogos que se preparam com jogadores defensivos, "tacticamente perfeitos", "carregadores de piano", jogadores que ajudem a evitar a vitória dos favoritos e assim serem os heróis de meio país durante uns dias.
Isto está mal. As 13 equipas que não os grandes devem continuar a alimentar rivalidades contra iguais. É necessário que cada uma dessas equipas deixe de viver para o confronto com os grandes e passe a arranjar mais motivações contras os outros. Já temos bons casos que é preciso aumentar. Veja-se a emotividade à volta de Belenenses-Boavista, Guimarães-Académica, Leixões-Guimarães, Braga-Boavista, etc...

É que se cada equipa tentasse vencer com convicção os outros 14 jogos que não enfrentam os favoritos, quem fosse bem sucedido aparecia a lutar pelo título, digo eu.
Enquanto reinar a mentalidade do pequenino e do médio, o povo está-se nas tintas para os Vitória-Nacional deste campeonato. Mesmo a malta que tira férias para ver bola.

Etiquetas: ,

posted by J G at 11:59 da manhã . | link | 7 Comentários

"Ser Útil ao Valência"

Diz Manuel Fernandes na apresentação do seu novo clube. O Manel há umas semanas falava em ser titular no Benfica, jogar a Champions, e fazer uma grande época. Tal como há um ano dizia que regressar ao Benfica nunca mais. Pobre organização a do nosso clube que permite que um puto mentiroso volte a vestir o manto sagrado e lhe dê a hipótese de conquistar um troféu de verão contra o nosso maior rival. Claro que ele aproveitou logo para trocar de camisola, e fez questão de a vestir na altura em que ergueu o troféu. Se ele já nem devia ter regressado, depois desse gesto devia ter logo saído. Só lhe desejo que todos os jogos do Valência corram tão bem como correu a estreia na liga espanhola.

Etiquetas:

posted by J G at 11:17 da manhã . | link | 2 Comentários

Soldado Real Interesse Segundo A Marca

Estou a ver a Marca online e leio surpreendido uma notícia que dá conta do interesse do Benfica em Soldado. Onde se fala em 15 milhões (!!!) e oferecer o dobro do ordenado!!
Alguém estád doido. Ou a nossa Direcção, ou a Marca. Com o que tem chegado ao aeroporto da Portela quero acreditar que é a Marca que está a delirar...

Alrededor de quince millones de euros (2.500 millones de pesetas) ofrece el Benfica al Real Madrid por el traspaso, además de pagar al jugador justamente el doble de lo que actualmente gana en el club blanco. La oferta es mareante, pero el Real Madrid no está dispuesto a aceptarla en principio... y el jugador tampoco.

Soldado está a gusto en el Real Madrid, pero la mareante oferta del Benfica le ha hecho dudar. El jugador considera que en el Benfica, dado su interés, sería titular indiscutible, lo cual le abriría las puertas de la próxima Eurocopa, mientras que en el Real Madrid sabe que le va a costar hacerse con la titularidad, al menos mientras Van Nistelrooy esté bien.

En los últimos treinta días Soldado ha rechazado ofertas del Depor, Betis, Espanyol, Osasuna, West Ham, Tottenham y... ¡Lyon!, el mejor equipo de Francia.

Etiquetas:

posted by J G at 10:06 da manhã . | link | 8 Comentários

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Parabéns Nélson Évora

Etiquetas:

posted by J G at 7:11 da tarde . | link | 2 Comentários

Ricardo Araújo Pereira Responde ao Inquério Pós Engenheiro

Por estes dias é desnecessário fazer uma grande apresentação de Ricardo Araújo Pereira.
É o humorista mais seguido do país, seja entre os seus Gato Fedorento, seja nas crónicas da Visão, ou aos domingos n'A Bola. Ele já explicou ontem que no sábado o Benfica ganhou. Ganhou Miguel Vítor e Romeu Ribeiro.
É um caso de rara alegria no universo benfiquista que nos enche de orgulho. Ricardo Araújo Pereira tem sempre tempo para falar do Benfica, e o facto de ter dispensado uns minutos para responder a este desafio é mais uma prova disso mesmo.
As respostas de RAP:

Como é que sobreviveste a 15 meses de “Santismo”?
Com a certeza de que, mais cedo ou mais tarde, acabaríamos por conquistar o Torneio do Guadiana.
A notícia da saída de Fernando Santos fez-te vibrar mais do que o golo do Petit de cabeça(!) no Bessa?
É difícil haver qualquer coisa que me faça vibrar mais do que um golo do Benfica. Mesmo o nascimento das minhas filhas foi ela por ela.

Apesar de tudo Fernando Santos é benfiquista e por isso merece ser feliz. Achas que ele devia tentar contrariar o ditado “Santos da Casa Não Fazem Milagres” noutro espaço que lhe é caro como o Centro Desportivo de Fátima na Liga de Honra?
Sinceramente, não sei. Sempre me fez confusão que uma equipa com tanta gente crente em Jesus tivesse tão pouca ajuda de Deus. Nem os atletas de Cristo nem o treinador nos valeram no 0-0 contra o Boavista em que acertámos 4 vezes no poste. O próprio engenheiro disse uma vez, salvo erro no “Prós e Contras”, que guardava uma imagem de Cristo no bolso e era a imagem que lhe dava umas picadas para indicar as substituições. O problema é que Cristo vai fazer 2007 anos em Dezembro próximo (é três semanas mais velho que o Trapattoni) e, de acordo com o Novo Testamento, não tem curso de nível IV. Assim, não admira.

Em que nomes apostas para melhores reforços desta época?
Gostava que todos os reforços fossem muito bons, e que os melhores fossem o Miguel Vítor e o Romeu Ribeiro. Seria óptimo sinal.

E que jogadores gostarias de ver contratados até ao fim do mês?
Uns de que o Berardo não goste. São sempre os melhores.

Camacho é a melhor aposta, ou preferias o regresso de Trappatoni? O italiano perdeu a Taça mas foi campeão…
Por razões estritamente cardiovasculares, prefiro o Camacho. Creio que o meu coração não aguentaria outra época à Trapattoni.
Qual o melhor jogo do Benfica de Camacho na primeira passagem do espanhol pela Luz?
Benfica-Inter. Empatámos em casa 0-0, mas podíamos ter ganho por três ou quatro. Lembro que chegámos a ter em campo, por exemplo, o Cristiano.

Vamos ser campeões com quantos pontos de avanço?
Cento e setenta e quatro.

Etiquetas:

posted by J G at 2:00 da tarde . | link | 10 Comentários

Convocados Para Copenhaga

Guarda-redes: Butt e Quim;

Defesas: Luís Filipe, Luisão, Léo, Miguelito, Nélson e Miguel Vítor;

Médios: Petit, Katsouranis, Fábio Coentrão, Di María, Freddy Adu, Nuno Assis, Rui Costa e Romeu Ribeiro;

Avançados: Cardozo, Bergessio, Yu Dabao e Nuno Gomes.

Etiquetas:

posted by J G at 1:09 da tarde . | link | 0 Comentários

Não Podem Ver Nada

Os nossos vizinhos rivais foram buscar à Sérvia o Moretto deles. Já levam mais uma derrota que nós fruto de um lance digno do nosso Moretto.

Etiquetas:

posted by J G at 8:56 da manhã . | link | 4 Comentários

domingo, 26 de agosto de 2007

Maximiliano Pereira e Cristian Rodríguez em Lisboa

Um dupla do Uruguai para o meio campo do Benfica. Maximiliano Pereira e Cristian Rodríguez fazem amanhã os exames médicos para ver se confirmam a mudança para a Luz.
Pereira, que actuava no Deportivo Sporting, tem à sua espera contrato válido por cinco épocas, enquanto Rodríguez, que na época transacta esteve ao serviço do PSG, actuará por empréstimo de uma época.
Enquanto continuam a chegar reforços o caso de Manuel Fernandes é curioso. Afinal o médio vai jogar no Valência.

Etiquetas:

posted by J G at 7:35 da tarde . | link | 6 Comentários

Benfica 0 - 0 Vitória



Se dúvidas existiam em relação a milagres elas ficaram hoje desfeitas. É claro que uma nova equipa técnica não podia dar a volta em 4 dias de trabalho a 15 meses de equívocos. De qualquer maneira o empate a zero de hoje não foi tão horrível como muitos jogos do anterior reinado. Já vimos um júnior a jogar bem a central e a meio da segunda parte foi lançado segundo miúdo para tentar desiquilibrar as coisas. Não conseguimos marcar, e até há uma substituição no fim misteriosa com a saída de Cardozo por Berguessio, mas não saí raivoso da Luz como tinha saído do Bessa.
Romeu Ribeiro, e Miguel Vítor foram mesmo das melhores coisas da noite nula na Luz. Faltou ao Benfica ter entrado a matar nos primeiros 20 minutos aproveitando a onda de optimismo e confiança que vinha das bancadas. Os jogadores acusaram a pressão e não conseguiram embalar, enquanto o Guimarães serenou muito bem o seu jogo, e foi ver os homens de Cajuda a trocarem com confiança a bola entre os seus jogadores fazendo os benquistas correrem atrás deles.
Precisamos de alas, principalmente na esquerda onde Nuno Assis não consegue dar qualidade, e precisamos de marcar golos que nos tragam calma e confiança.
A meio da semana jogamos na Dinamarca e um resultado positivo pode dar um empurrão à equipa.
É que isto começou há 1 semana e já deitámos fora 4 pontos contra as duas equipas que subiram de divisão!

Sob a arbitragem de Lucílio Baptista as equipas alinharam:

BENFICA: Quim; Nelson, Katsouranis, Miguel Vítor e Léo; Nuno Assís, Petit, Rui Costa e Fábio Coetrão (Luís Filipe, 70 min); Nuno Gomes (Romeu Ribeiro, 69 min) e Cardozo (Bergessio, 81 min)

Suplentes: Butt, Luís Filipe, Miguelito, Romeu Ribeiro, Andrés Diaz, Bergessio e Freddy Adu

V. GUIMARÃES: Nilson; Sereno, Danilo (Moreno, 75 min), Geromel e Andrézinho; Carlitos (Desmarets, 63 m), Flávio Meireles João Alves e Fajardo; Alan (Ghilas, 54m) e Mrdakovic

Suplentes: Nuno Santos, Moreno, Radonovic, Luciano Amaral, Ghilas, Felipe, Moreno e Desmarets

Disciplina: cartão amarelo: Fajardo, 77 min, Sereno, 83 min, Miguel Vítor, 84 min.

Etiquetas: ,

posted by J G at 2:53 da manhã . | link | 7 Comentários

sábado, 25 de agosto de 2007

Benfica - Vitória

Estádio da Luz
19h15 | TVI
Lucílio Baptista [AF Setúbal]
Sérgio Lacroix + Venâncio Tomé

Benfica
José António Camacho
12 | Quim GR
22 | Nelson LD
8 | Katsouranis DC
28 | Miguel Vítor DC
5 | Léo LE
6 | Petit MD
10 | Rui Costa MO
25 | Nuno Assis AE
16 | Coentrão AD
21 | Nuno Gomes AV
7 | Cardozo AV
-
24 | Butt GR
2 | Luís Filipe LD
11 | Miguelito LE
32 | Romeu Rimeiro MD
30 | Adu AD
15 | Andrés Díaz MO
19 | Bergessio AV

Guimarães
Treinador Manuel Cajuda
1 |Nilson GR
25 |Andrezinho LD
16 |Danilo DC
19 |Geromel DC
4 |Sereno LE
26 |Flávio Meireles MD
80 |João Alves MD
17 |Fajardo MO
8 |Carlitos AD
21 |Alan AE
9 |Miljan AV
-
27 |Nuno Santos GR
2 |Radanovic DC
18 |Moreno MD
20 |Desmarets AE
5 |Ghilas AV
10 |Targino AV
11 |Felipe AV

Etiquetas: ,

posted by J G at 6:27 da tarde . | link | 3 Comentários

Mário Lopes Dá a Sua Versão Verde ao Inquério Pós Engenheiro

Rara oportunidade para dar voz a um lagarto aqui no tasco. Apesar de haver participações lagartas regulares nos comentários, este é o momento em que dou voz a um grande sportinguista amigo, e companheiro de longas tertúlias futebolísticas entre Benfica e Sporting, e sobre o seu ídolo de sempre George Best.
Para quem não leu na altura o texto que o Mário escreveu a meu convite sobre a morte de George Best aconselho vivamente que o façam agora: George Best: Marcando Fora de Jogo

Mário Lopes
escreve sobre música nas páginas do jornal Público. Já passou pelo Blitz, claro, e é por estes dias leitura obrigatória para quem adora música. Por causa da sua imensa sabedoria sobre o rock desde os anos 60 há quem garanta que já passou a casa dos 40 anos há muito tempo. Eu garanto que o Mário é mais novo do que eu, e que os seus textos são fruto de uma imensa paixão que vai dos Beatles aos Rolling Stones. Aceitou o desafio de bom grado, e foi dos primeiros a mostrar a sua indignação pela saída do Engenheiro via sms. Esconde brilhantemente no humor das suas respostas todo o nervosismo por o seu rival estar de volta aos dias de confiança. Mário Lopes diz de sua justiça:

Como é que viveste os 15 meses de "Santismo"?
Como já conhecia muito bem a gravata apertada do senhor, vivi-os com a certeza que ia acabar como acabou mas, ao mesmo tempo, com a secreta esperança que a famosa linha de rendimento Santos - uma mediania atroz, conjugada com um ou dois meses de ilusão em que as coisas parecem resultar -, poderia mantê-lo por muito tempo no banco do Benfica. Daqui a uns cinco anos, iríamos vê-lo finalmente carregado em ombros no Estádio da Luz, vulgo "cestinho de pão" (copyright Cristiano Pereira), quando na última jornada assegurasse a ida à Taça Uefa com um empate sofrido perante o Beira-Mar.

A notícia da saída de Fernando Santos transtornou-te mais do que o golo do Petit de cabeça(!) no Bessa?
Obviamente que uma perca desta magnitude causa algum abalo. Não ficava tão transtornado desde que o inigualável Moretto, o ágil herói de Paços de Ferreira, deixou de ser titular no Benfica - mesmo que sejam situações com dimensões estéticas diferentes: Moretto era uma espécie de Buster Keaton das redes (insuperável na comédia física), enquanto Fernando Santos era mais austero e, como Job, carregava consigo o peso da culpa cristã. O golo de Petit é todo um outro caso. Como me dizia um colega no jornal, por acaso sportinguista (logo isento), o golo foi uma bofetada de luva branca. O Leixões andava arrogante, a anunciar que ia esmagar, que eram favas contadas e sei lá mais o quê, mas o Benfica não se deixou atemorizar. Aguentou com dignidade o empate e conseguiu deixar frustrados os, segundo estimativa de Gaspar Ramos, 4 milhões e meio de leixonenses espalhados pelo mundo fora.

Apesar de tudo Fernando Santos é benfiquista e por isso merece ser feliz. Achas que ele devia tentar contrariar o ditado "Santos da Casa Não Fazem Milagres" noutro espaço que lhe é caro como o Centro Desportivo de Fátima na Liga de Honra?
Fernando Santos, como todo o ser humano, merece ser feliz. Infelizmente, não me dava muito jeito essa história do Fátima. O Sporting tem lá o Carlos Saleiro a ganhar experiência e não convém estragar o rapaz com doses maciças de mau karma.

Em que nomes apostas para melhores reforços desta época?
O Benfica tem de olhar para a sua história recente e aprender com isso. Tem que analisar todo o longo percurso que conduziu ao último título (ou lá o que foi aquela coisa em 2004/2005) e não cair nos erros do passado. Como tal, homenageando o grande obreiro do título na sombra, nunca acarinhado devidamente pelos lados da Luz - falamos obviamente de Artur Jorge, o homem que lançou as bases que frutificariam com Trappatoni -, as melhores contratações só podem ser duas: Nelo e Tavares.

E que jogadores não gostarias de ver contratados até ao fim do mês?
Exceptuando o caso de Simão, cuja mudança para o Benfica permitiu perceber o pequeno birrinhas que tínhamos inadvertidamente incubado em Alvalade, incomoda-me ver tipos que aprendi a gostar vestidos de verde perdidos entre a histeria barbuda benfiquista. Felizmente Camacho, num acto magnânime, compreendeu as minhas angústias e correu a dizer a Vieira que não queria Rochemback, um dos melhores médios centros a jogar em Portugal na última década. Acho muito bem. O "Cebola" parece-me muito mais indicado - e é mais uma jogada de marketing genial de Filipe Vieira. Se imprimirem a alcunha do jogador na camisola, os benfiquistas, ímpares a negar orgulhosamente qualquer ideia de ridículo que lhes apontem, correriam aos magotes até à loja da Luz, dela saindo com um digníssimo "Cebola" estampado no equipamento rosa.

Camacho é a melhor aposta, ou preferias o regresso de Trappatoni? O italiano perdeu a Taça mas foi campeão…
Trappatoni, definitivamente. O homem foi eliminado da Taça, saiu bem cedo das competições europeias e ganhou o campeonato porque, enfim, o Porto andava a lutar com o fantasma de Mourinho, qual D. Quixote masoquista e esquizofrénico, e o Sporting enfrentava uma luta titânica com aquele senhor que se sentava no banco, cujo nome não pronuncio por receio de despertar espíritos malignos, que tragicamente lhe desviou as atenções do campeonato.

Qual o melhor jogo do Benfica de Camacho na primeira passagem do espanhol pela Luz?
A minha memória selectiva só recorda o inolvidável. Coisas como o golo de Acosta ao Porto, em correria imparável após passe de Secretário, o rei das assistências. Coisas como o golo de Balakov a Silvino, aos dois minutos entre o nevoeiro abençoado de Alvalade, ou o do mesmo Balakov ao Setúbal, no Bonfim, que Maradona terá considerado, em discurso em plena Bombonera, uma obra de arte "apenas comparável à Sagrada Família" e, "definitivamente melhor que aquele golito à Inglaterra". Do Benfica de Camacho, portanto, pouco resta na minha memória. Lembro-me porém desse magnífico Benfica - Inter que terminou empatado 0-0. O Benfica a atacar o jogo todo, a criar oportunidades e, no final, o Inter a celebrar. Esse jogo foi a antítese do Benfica, clube do 8 ou 8,5. Ou joga terrivelmente e João Pinto acaba a ler um pedido de desculpas à população de Vigo pela miséria de espectáculo que proporcionou aos exigentes adeptos do Celta, ou joga miseravelmente e agradece aos céus ter um homem chamado Rui Costa para o salvar peranto o colosso Copenhaga. Nesse jogo com o Inter, nada disso se passou. Deu gosto ver o Benfica jogar, o Benfica empatou e hipotecou a eliminatória. Quase diria que foi um Benfica à Sporting.

Vamos ser campeões com quantos pontos de avanço?
Essa é uma pergunta que não se coloca. Como se nota pela atitude geral dos benfiquistas, o seu clube não precisa de ser campeão. Na sua história centenária, teve oito décadas de glória e vive em prazenteira mediania desde então - exceptuando, obviamente, o fogacho da grandiosidade de outrora que foram as recente vitórias no Dubai e no Torneio do Guadiana. Não ganhem ou não ganhem, os benfiquistas irão anunciar-se campeões na pré-época, entrarão em euforia incontrolável se em alguma jornada chegarem ao primeiro lugar, que perderão inevitavelmente na jornada seguinte, e inflamados pela retórica de Luís Filipe Vieira, o Roque Santeiro da Luz ("Tô certo ó tô errado?"), hipnotizados pelo voo de uma ave que só quer que a deixem comer um naco de carne em paz, gritarão no final, barriga cheia pelo terceiro lugar, pelos quartos de final da Liga dos Campeões (excepcionalmente) e pelos títulos de há 20, 30, 40 anos atrás: "Campeões somos nós". O Benfica é grande demais para se preocupar com miudezas como ganhar campeonatos, taças ou supertaças.

Etiquetas:

posted by J G at 2:03 da tarde . | link | 2 Comentários

Nunes, Christian Rodriguez, e Maximiliano Pereira a Caminho

O central de 30 anos Nunes, do Maiorca, e os uruguaios médios Christian Rodriguez, 21 anos, e Maximiliano Pereira, 23, estão garantidos como reforços do emblema da Luz para as próximas quatro temporadas.
A ver vamos se isto se confirma.

Etiquetas:

posted by J G at 5:14 da manhã . | link | 1 Comentários

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Encarnado e Branco Público

E este espaço volta a ter um texto destacado na área dedicada a blogues nas páginas do jornal Público. Desta vez pode ser consultado online com link e tudo. Confiram:
Blogues em Papel do Público

Etiquetas:

posted by J G at 3:30 da tarde . | link | 1 Comentários

Volta Veiga...

Começa a perceber-se a falta que nos faz um homem como José Veiga para negociar jogadores. O espanhol do Celta já é uma miragem, e as opções assustam...

Etiquetas:

posted by J G at 12:20 da tarde . | link | 3 Comentários

Álvaro Costa Azula o Inquérito Pós Engenheiro

Não há que estranhar, resolvi dar voz a dois "inimigos" neste Inquérito que celebra a partida do Santos. Para medirmos o pulso ao receio dos nossos rivais desafiei duas figuras dos outros clubes para se juntarem à festa. Neste caso responde o azulíssimo Álvaro Costa. Apesar deste defeito, o Álvaro é um bom amigo de há anos. Figura maior na comunicação, e divulgação musical do nosso país, Álvaro Costa é a nossa figura Rock n'Roll nos meios jornalísticos. Bom contador de valiosas histórias, fã devoto de Doors e outras lendas, de humor contagiante, presença obrigatória nos maiores festivais do país, e em eventos à escala mundial como o recente Live Earth onde assinou dos poucos trabalhos dignos, juntamente com Luís Oliveira em Wembley, na estação pública nesse dia. Ama o FC Porto, mas é um grande conversador sobre futebol. É daquelas pessoas que gostamos de encontrar em tertúlias intermináveis de bola. Respect Álvaro!

Como é que viveste os 15 meses de “Santismo”?
Com a certeza que ia acabar mal....

A notícia da saída de Fernando Santos transtornou-te mais do que o golo do Petit de cabeça(!) no Bessa?
Qualquer golo do Benfica me transtorna.

Apesar de tudo Fernando Santos é benfiquista e por isso merece ser feliz. Achas que ele devia tentar contrariar o ditado “Santos da Casa Não Fazem Milagres” noutro espaço que lhe é caro como o Centro Desportivo de Fátima na Liga de Honra?
Um retiro budista não era má ideia.

Em que nomes apostas para melhores reforços desta época?
Eusébio, Madjer; Jorge Costa e Vítor Baía.

E que jogadores não gostarias de ver contratados até ao fim do mês?
Lucho Gonzalez ou outro qualquer que tenha duas pernas.

Camacho é a melhor aposta, ou preferias o regresso de Trappatoni? O italiano perdeu a Taça mas foi campeão…
Toni, estás perdoado!

Qual o melhor jogo do Benfica de Camacho na primeira passagem do espanhol pela Luz?
O que perdeu com o FC Porto.

Vamos ser campeões com quantos pontos de avanço?
12 negativos

Etiquetas:

posted by J G at 12:26 da manhã . | link | 1 Comentários

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Rui Malheiro Apresenta: Borja Oubiña Meléndez

Borja Oubiña Meléndez, nasceu em Vigo, tem 25 anos (17-5-1982), 1.82 / 75, e possuia contrato com o Celta até 2010. Considerado como um dos maiores talentos de sempre do futebol galego começou a sua carreira com apenas 6 anos no Moledo FC, modesto clube da zona de Vigo. Passaria depois pelo Gran Peña FC, onde foi detectado pela equipa de prospectores do Celta de Vigo, que o convidaram para um período experimental, que, curiosamente, coincidiu com um Torneio Internacional em Portugal, acabando por ser contratado. Estavamos em 1994 e Borja Oubiña iniciava o seu percurso dos escalões de formação, onde rapidamente deu nas vistas, justificando, em 1996, a assinatura de um contrato de forma a evitar uma transferência para um emblema mais poderoso. Completou a sua formação e foi promovido à equipa secundária em 1999, com apenas 17 anos, ajudando, na segunda temporada, à promoção à 2ªB, onde actuou em 2001/02 e 2002/03, totalizando 4 golos em 54 jogos, que o transformaram num dos "meninos bonitos" da "cantera". Sem surpresa, foi promovido à equipa principal em 2003, pelas mãos de Miguel Angel Lotina. Não se conseguiu impor como titular, mas depois de se ter estreado, a 8 de Outubro de 2003, numa eliminatória da Copa do Rei diante do Ponferradina (empate a um), mereceu a confiança do técnico para os jogos diante do Valência (que marcou a sua estreia na Liga) e para dois embates na Liga dos Campeões, onde defrontou Ajax (jogo o último minuto da vitória 3-2 sobre o Ajax) e Arsenal (titular em derrota 0-2). No final de Março de 2004 acabaria por ter nova oportunidade na primeira equipa, aproveitando a situação instável do clube na tabela classificativa, e garantiu a titularidade até ao final da temporada, somando 12 jogos, 9 dos quais como titular. Contudo, não ajudaria a evitar a descida de divisão, e a temporada seguinte passou-a na 2ªDivisão, onde foi considerado como uma das grandes revelações da Liga, ao somar 1 golo em 30 jogos, mas caiu de rendimento na fase final da época, chegando a perder a titularidade nas últimas partidas. Esse facto não impediu que Fernando Vásquez, técnico da subida, voltasse a apostar no jogador em 2005/06, de regresso à divisão maior, tornando-se numa figura do 6º lugar na Liga, ao somar 1 golo em 36 jogos, todos como titular e 33 deles completos. Com a cotação em alta, foi pretendido por alguns dos conjuntos mais fortes da Liga Espanhola, como o Real Madrid, Atletico Madrid ou Villareal, mas o Celta impediu a sua transferência. Estrear-se-ia, em Setembro de 2006, pela Selecção AA de Espanha, na vitória 4-0 sobre o Liechtenstein, entrando na segunda parte do jogo, repetindo, dois meses depois, presença num particular diante da Roménia. No Celta ajudaria o clube a qualificar-se para a fase de grupos da Taça UEFA, numa eliminatória diante do Standard Liège, totalizando 6 jogos na Competição, onde a formação de Vigo foi eliminada pelo Spartak, na ronda seguinte aos grupos. A nível da Liga foi um dos jogadores mais regulares, somando 1 golo em 30 jogos, mas não evitou a segunda descida de divisão da sua carreira. Novamente com "mercado", o Celta complicou ao máximo a sua saída, recusando, recentemente, uma proposta do Manchester City de Eriksson. Segue-se o Benfica, com a curiosidade de Borja ter realizado uma das suas últimas partidas de "azul celeste" diante do Boavista, na final do Memorial Quinocho, destacando-se, como um dos melhores em campo, na vitória por 3-1.

Médio defensivo ou médio centro, enquadra-se perfeitamente num 4x2x3x1, esquema mais utilizado pelo Celta (em quase 80% dos jogos que efectuou), como uma das unidades centrais do centro do terreno - tanto pode ser o jogador mais fixo - o que aconteceu, sobretudo, no período Stoichkov, que optou por um 4x1x4x1 - ou como a unidade mais móvel, posição onde atinge um maior rendimento, e onde Fernando Vásquez mais o utilizou, o que permite também um enquadramento como médio interior num 4x3x3, preferencialmente sobre a direita, mas também, em caso de necessidade, mais sobre a esquerda, pois apesar de ser destro, não é totalmente cego com o pé esquerdo. Transportando-o para o Benfica actual, poderá então actuar ao lado de Petit, ficando este mais fixo, e Borja Oubiña mais móvel, como também com Katsouranis, alternando, muito provavelmente, as funções com o internacional grego, que, à semelhança do internacional espanhol, tanto pode actuar como unidade fixa ou móvel. Em alguns jogos, não será de excluir a utilização do tridente de médios, com Petit mais fixo, sobretudo quando Camacho quiser apostar na contenção ou na defesa de um resultado, o que acontecia, por exemplo, quando juntava Fernando Aguiar (e depois Manuel Fernandes) a Petit e Tiago.

Em termos de características, Borja Oubiña é um médio moderno, capaz de desempenhar funções defensivas e ofensivas com rigor e qualidade. Não se trata, contudo, de um jogador vistoso e espectacular, mas sim de um médio eficaz, rigoroso e concentrado, muito à imagem do perfil pretendido por Camacho num elemento na sua posição. Do ponto de vista defensivo destaca-se por um excelente sentido posicional, com que compensa algumas lacunas em velocidade nos movimentos de recuperação, ocupando de forma inteligente os espaços e cortando linhas de passe. Eficaz no desarme e em acções de antecipação, efectua várias recuperações por jogo, revelando também grande capacidade de luta e sentido colectivo, para além de capacidade nas lutas corpo a corpo e agressividade, o que faz também com que cometa algumas faltas, mas joga bem com amarelo - 22 nas últimas 4 temporadas, sem nunca ver um vermelho. Do ponto de vista ofensivo, trata-se de um jogador que sabe o que fazer à bola quando a recebe - muito eficaz no controlo e na recepção - ou recupera, encarregando-se, muitas vezes, de uma primeira fase de construção ou de transporte de jogo ofensivo. Gosta e sabe fazer a bola circular, tirando partido da sua boa visão e leitura de jogo, na maior das vezes à base de toques curtos, mas tem também crescido a eficácia em lançamentos médios e longos, sobretudo em direcção às alas, mas é um aspecto em que se poderá tornar ainda mais forte. Objectivo, não gosta de complicar e de prender jogo, mostrando saber imprimir ritmos conforme as necessidades da equipa: mais baixos, em contenção, mais intensos, em saídas rápidas ou contra-ataque. É também capaz de penetrar pelo meio-campo adversário com a bola nos pés, rompendo bem de trás para a frente com a bola colada ao pé direito, criando alguns desequilibrios no um para um em progressão, mesmo não se tratando de um driblador. Movimenta-se também bem sem bola, criando linhas de passe para os seus colegas e aparecendo em zonas mais próximas da área, quando tem oportunidade de o fazer - nessa situação procura pouco a baliza, aspecto em que Camacho poderá trabalhá-lo (depois da excelente experiência com Tiago), optando, quase sempre, por passes, alguns deles ao primeiro toque, outro dos seus pontos fortes, fazendo algumas assistências para finalizações. Mostra também alguma eficácia nos cruzamentos, podendo ser chamado à marcação de alguns livres laterais, sobretudo sobre a direita, revelando facilidade em colocar a bola na área.

É tido como um excelente profissional, não lhe sendo conhecidos problemas de ordem disciplinar, revelando também capacidade de liderança, apesar da sua juventude. Tem formação superior, pois nunca abdicou dos estudos, mesmo já como profissional - é licenciado em Ciências Empresariais pela Universidad de Vigo.

Etiquetas: , ,

posted by J G at 12:08 da tarde . | link | 2 Comentários

David Luiz Vs Borja Oubiña

O azar não nos larga! No único sector onde não podíamos ter mais lesões tivemos ontem uma baixa. David Luiz lesiona-se para 6 semanas. E começa a vir ao de cima os disparates da pré-época onde se comprou um Stretenovic, central, e ninguém o quer. E agora? Salta Miguel Vítor para o "11"?! Aí vai a primeira prova de fogo para Camacho. E que o azar nos largue de vez, é o que desejo.

Borja Oubiña é o nome mais falado na imprensa como primeiro reforço de Camacho. É médio do Celta de Vigo e está avaliado em 10 milhões de €! Mais caro que o Cardozo. Estou a ficar preocupado com o que ainda se vai gastar depois de já terem sido estoirados mais de 20 milhões.
De Oubiña dizem os adeptos do Celta nestes comentários do clube:
Borja Oubiña es el mejor mediocentro defensivo que he visto en muchos años.la capacidad de trabajo,la casta,el largo recorrido en medio campo,su despliegue,sus coberturas,su toque de balon,su técnica y su vision de juego lo avalan.
A jugado solo en el medio campo celtiña toda la rtemporada en segunda division,llevando al equipo a sus espaldas,y manejando el partido.

Es joven,y con una gran calidad con el balon.Si hubiese que compararlo con algun jugador sería con Albelda,ya que sobre todo destaca en el corte,pero tiene más técnica que el che.

Es el jugador español con más clase y técnica, tendrían que colgar una web con videos suyos para que la gente le conozca mejor, el gol de este año al Sevilla es uno de los mejores y en cada partido siempre deja muestras de su calidad, nadie tiene su primer toque, lástima que nos vaya a durar poquito en Vigo.

E há videos dele para ver aqui no You Tube.

Etiquetas: ,

posted by J G at 10:25 da manhã . | link | 7 Comentários

Arménia 1 - 1 Portugal

Qualificação - 22 Agosto 2007 21:00 (Hora local) - Republican - Ierevan
Armenia
Portugal
Arménia1 - 1
Portugal
Arzumanyan 12
Cristiano Ronaldo 37

Pelo que tinha lido, e ouvido, antes do jogo de ontem fiquei com a clara ideia que tinhamos que vencer o jogo obrigatoriamente. Por isso fiquei algo espantado com o pouco que vi na tv, e o muito que ouvi na rádio no meio do trânsito. Perante o desespero dos comentadores Portugal nada fez para vencer a tal partida decisiva. Hoje olho para a classificação do grupo com atenção e não estou a ver onde é que está o problema em nos qualificarmos. Ou a malta já leva como adquirido que os jogos no Azerbaijão, e Cazaquistão, não são para ganhar por causa das viagens, ou então estão a ver que não vamos conseguir aproveitar a vantagem dos 4 jogos em casa que nos faltam, alguns contra adversários directos.
Eu não estou preocupado, conto ter a minha Selecção no próximo Euro, e se isso não acontecesse era um escândalo difícil de engolir já que o nosso grupo é bem capaz de ser o mais fraco que já apanhámos em fases de qualificação.
Portanto expliquem lá aos meninos que as tais viagens chatinhas ao outro lado da Europa são um sacrifício que vão ter de fazer para não ficarem associados ao voltar das grandes broncas da Selecção. O estado do terreno, as longas horas no avião, e tudo mais que eu oiço como desculpa é coisa de meninos novos ricos que já não se lembram as condições em que começaram a jogar à bola. Deixem-se de tretas e façam-se uns homenzinhos, ok?

Etiquetas: ,

posted by J G at 9:54 da manhã . | link | 3 Comentários

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Rui Malheiro Responde ao Inquérito Pós Engenheiro

Rui Malheiro é o meu guia espiritual no que ao futebol diz respeito. É ele o responsável por eu manter este humilde cantinho dedicado ao Benfica na blogosfera, pois foi o Rui que me convidou para fazer parte desse grande projecto chamado Terceiro Anel. Vão ver pelas suas respostas como o homem continua a respirar futebol por todos os poros, e sempre com análises sustentadas e descritivas. Está ligado ao futebol profissional acompanhando até os campeonatos mais obscuros onde descobre pérolas como Linz, ou Kaz, por exemplo.
Depois de ter contado com ele na última edição de rádio que fiz com o Vítor Junqueira (podem ouvir aqui: triângulo escaleno #14) é com orgulho que apresento a participação de Rui Malheiro no I.P.E.:

Como é que sobreviveste a 15 meses de “Santismo”?
Era uma aposta, à partida, condenada ao fracasso, pois ser benfiquista está longe de ser uma condição suficiente para treinar um clube com a dimensão do Benfica. Independentemente de um percurso com 1 Campeonato, 2 Taças de Portugal, 2 Supertaças e 1 Taça da Grécia, Fernando Santos conseguiu ser o único técnico, em Portugal, a não vencer um Campeonato com Jardel no seu melhor – marcou 38 golos nessa temporada (1999/2000) -, como também conseguiu o feito de em três anos só vencer um Campeonato no FC Porto, iniciando, pela primeira vez e única até ao momento, um ciclo de mais de um ano sem vencer campeonatos dos “dragões” nos últimos 23 anos. O passado na Liga portuguesa anterior ao FC Porto, apesar de algum crescimento anual, não era o mais animador, e as passagens posteriores por AEK, Panathinaikos e Sporting confirmaram as limitações evidenciadas no comando técnico do FC Porto: alguns bons períodos, com ciclos interessantes de jogos consecutivos sem perder, mas pouca tendência – misto de incapacidade, postura pouco confiante e indecisões relevantes – para vencer em momentos importantes e decisivos. No fundo, a imagem dos 15 meses – 12 teriam sido mais do que suficientes – de Fernando Santos ao serviço do Benfica, e, certamente, aquilo que o seu futuro como treinador lhe reserva.

A notícia da saída de Fernando Santos fez-te vibrar mais do o golo do Petit de cabeça(!) no Bessa?
Independentemente de se tratar de uma excelente notícia para o futuro do clube, uma vitória do Benfica, no Bessa, diante do Leixões, é (ou seria, neste caso) bem mais importante que a saída de Fernando Santos do comando técnico do clube. Primeiro porque não seria impeditiva para a consumação da saída de Santos (Heynckes saiu após uma vitória) e daria mais 2 pontos que, por exemplo, foram determinantes na perda do Campeonato anterior e na eliminação da Liga dos Campeões na última temporada.

Apesar de tudo Fernando Santos é benfiquista e por isso merece ser feliz. Achas que ele devia tentar contrariar o ditado “Santos da Casa Não Fazem Milagres” noutro espaço que lhe é caro como o Centro Desportivo de Fátima na Liga de Honra?
O Centro Desportivo de Fátima tem um bom treinador – Rui Vitória, que, curiosamente, passou pela formação do Benfica, e soma 3 triunfos consecutivos em 2007/08. Assim sendo, Fernando Santos terá que esperar por outra “paróquia”.

Em que nomes apostas para melhores reforços desta época?
Com 3 ou 4 reforços a chegar nos próximos dias e que deverão constituir uma verdadeira mais-valia para o actual plantel a pergunta é algo precoce. Relativamente aos jogadores já contratados, Oscar Cardozo deverá ser o principal reforço e está a confirmar-se como tal – é a única aquisição que se afirmou como titular indiscutível no imediato -, apesar das limitações físicas que o impedem de jogar no máximo das suas capacidades. Caso Gonzalo Bergessio consiga atingir o nível evidenciado no Campeonato Argentino, o que está ainda bem longe de acontecer, também poderá ser uma importante mais-valia para o Benfica, até porque pode preencher várias posições no ataque. Os jovens Angel Di Maria e Fábio Coentrão poderão retirar importantes dividendos desta mudança de comando técnico, que irá projectar mais o jogo pelos flancos, entre o 4x2x3x1 e o 4x4x2 clássico, contrariando o 4x4x2 centralizado de Fernando Santos. Contudo, necessitam de tempo e espaço para se adaptarem a um clube com a dimensão do Benfica e ao facto de não poderem ter o protagonismo que possuíam nos seus anteriores emblemas., necessitando, com isso, de adquirir um maior sentido colectivo.

E que jogadores gostarias de ver contratados até ao fim do mês?
Atendendo ao nome do novo técnico e aos seus esquemas tácticos preferenciais parece-me que a aquisição prioritária deverá ser a de um extremo direito de qualidade insuspeita e que se afirme imediatamente. As chegadas de um defesa-central e de um médio-centro com capacidade de construção também são importantes. A de um novo avançado-centro não me parece tão prioritária, mas será igualmente bem vinda.

Camacho é a melhor aposta, ou preferias o regresso de Trapattoni? O italiano perdeu a Taça mas foi campeão…
O regresso de Jose Antonio Camacho parece-me ter sido devidamente planeado, mas tardiamente apresentado. É uma aposta que vai de encontro ao desejo da maior parte dos associados, atendendo também à indisponibilidade de Sven Goran Eriksson, com que forma a dupla de técnicos mais consensuais no universo “encarnado”. Se Eriksson venceu 3 campeonatos em 5 possíveis e levou o clube a duas finais europeias, Camacho apenas ganhou uma Taça de Portugal, o que não justificaria, à partida, tamanho apego por parte dos associados que “condenaram” no passado treinadores vitoriosos. É certo que o seu ano e meio à frente do Benfica coincidiu com o período áureo do FC Porto de Mourinho, e que os 74 e 75 pontos alcançados em 2002/03 e 2003/04 seriam suficientes para ser campeão em 2004/05 ou 2006/07. E é um pouco essa a resposta que Camacho terá que dar, confirmando o “mito” e a aura de conquistador, finalmente com triunfos relevantes como treinador.
Em relação a Trapattoni está bem no Salzburgo, onde procura colocar o clube na fase de grupos da Liga dos Campeões e repetir o título da temporada anterior, algo que se afigura complicado atendendo ao crescimento competitivo dos rivais. O seu trabalho no Benfica finalizou com o quebrar do longo jejum de títulos, maximizando de forma inteligente os parcos recursos à sua disposição.

Qual o melhor jogo do Benfica de Camacho na primeira passagem do espanhol pela Luz?
O mais espectacular talvez tenha sido o 6-2 em Setúbal, frente ao Vitória orientado por Luís Campos, com 3 golos de Simão Sabrosa. Mas mais do que grandes jogos, o Benfica de Camacho destacou-se por algumas vitórias importantes: as duas de Alvalade, a da final da Taça diante do FC Porto e a do trágico jogo de Guimarães acabam por ser algumas das mais marcantes.

Vamos ser campeões com quantos pontos de avanço?
Bastará um ponto de vantagem, mas é um objectivo difícil para esta temporada atendendo às vicissitudes ocorridas nas últimas semanas, que levam o Benfica a iniciar uma época em registo de pré-época, logo com um atraso significativo em relação aos rivais FC Porto e Sporting. Passará e muito por Camacho impedir que o Benfica perca mais pontos nesta fase inicial, em que terão que ser criadas rotinas em competição, como também chegar à fase de grupos na Liga dos Campeões, algo que não conseguiu em 2003/04, perante uma Lazio bem mais poderosa que o modesto Copenhaga. A próxima jornada de Liga, atendendo ao clássico, poderá permitir recuperar no imediato o atraso pontual após o empate da 1ª jornada, o que poderá ser um excelente mote para os restantes 28 jogos.
Numa análise aos números de Jose Antonio Camacho como treinador do Benfica necessitará de uma maior regularidade nos confrontos com os “grandes” – 1 ponto em 9 possíveis frente ao FC Porto ; 2 vitórias em Alvalade frente ao Sporting, mas 2 derrotas na Luz – e quebrar algumas “malapatas” com clubes médio-europeus: apenas 1 vitória em 4 jogos com o Boavista ; apenas 1 vitória em 3 jogos com a União de Leiria ; e os dois empates caseiros frente ao Moreirense, então treinado por Manuel Machado, actual treinador da Académica. A redução de 18 para 16 clubes também parece não ajudar muito: em 2002/03, Camacho somou 12 pontos em 12 possíveis com os classificados entre o 15º e o 18º lugar ; em 2003/04, Camacho somou 22 pontos em 24 possíveis com os classificados entre 15º e o 18º lugar.

Etiquetas:

posted by J G at 1:58 da manhã . | link | 12 Comentários

terça-feira, 21 de agosto de 2007

Nuno Calado Responde ao Inquérito Pós Engenheiro

Nuno Calado é conhecida voz Indiegente na Antena 3, e presença assídua na SIC Radical, em particular a comentar concertos dos Festivais. Acabado o circuito festivaleiro de verão, Nuno Calado mostra-se entusiasmado com a saída de Santos:

Como é que sobreviveste a 15 meses de "Santismo"?
Foram 15 meses bem difíceis, 15 meses em que me zanguei mais na minha vida. A verdade é que no dia em que Fernando Santos assinou pelo Benfica telefonei a um antigo jogador do Estrela para ver se me conseguia apaziguar de alguma forma a má disposição. Depois da conversa fiquei a pensar que ainda havia gente crente e que o Fernando Santos podia ser uma boa pessoa, mas ainda tinha que me convencer como treinador do Benfica, coisa que nunca aconteceu. Foram 15 meses com muito Alcacelcer.

A notícia da saída de Fernando Santos fez-te vibrar mais do que o golo do Petit de cabeça(!) no Bessa?
Foi a maior alegria dos últimos tempos! Até maior que os dois golos do Rui Costa ou o ter ganho aquele troféu miserável da ponte (Guadiana) aos lagartos. A verdade é que a alegria pela saída de Fernando Santos foi tanta que por momentos ainda pensei que o treinador do Benfica podia ser só o bigode do Artur Jorge com um apito. Imagina o bigode aos saltos no banco com um apito!!!!!!! Ou até mesmo a filha do Néné! Em poucos meses já íamos ter alguns jogadores a fazerem a operação e no final do campeonato íriamos ter a melhor equipa feminina do mundo!

Apesar de tudo Fernando Santos é benfiquista e por isso merece ser feliz. Achas que ele devia tentar contrariar o ditado "Santos da Casa Não Fazem Milagres" noutro espaço que lhe é caro como o Centro Desportivo de Fátima na Liga de Honra?
Que seja muito feliz e tenho uma longa vida que continue a ir ao estádio e a pagar as cotas sempre como adepto. Dizem que quando saiu do porto houve festa?!?!?
Santos da casa não fazem milagres e este nem vai com Fátima ajudada pela irmã Lúcia! Talvez na Grécia por não ser da casa consiga fazer algo.

Em que nomes apostas para melhores reforços desta época?
Dá para falar a sério agora?! Di Maria e Oscar Cardoso.

E que jogadores gostarias de ver contratados até ao fim do mês?
Gostaria de ver chegar umas trutas! A verdade é que foi embora o Simão e não veio ninguém de nome e qualidade reconhecida, por isso queria alguém dentro desse campo. É igualmente verdade que concordo com comprar jogadores novos que podem ter margem de progressão e que podem dar bons resultados desportivos e financeiros.

Camacho é a melhor aposta, ou preferias o regresso de Trappatoni? O italiano perdeu a Taça mas foi campeão…
Prefiro o Camacho, mesmo assim e apesar de não ter ganho o campeonato foi ele que fez muitas mudanças no futebol do Benfica e que sempre disse que se tinha de apostar em jogadores de qualidade, poucos mas bons. foi também com Camacho que voltámos a jogar algo que nos desse alegria. Já que estamos numa de regressos também poderíamos ter o Mourinho.

Qual o melhor jogo do Benfica de Camacho na primeira passagem do espanhol pela Luz?
Não sei se terá sido o melhor mas foi o que nos deu melhor sabor, o jogo da Taça contra o Porto!

Vamos ser campeões com quantos pontos de avanço?
Se o Porto tivesse o Engenheiro Santos e o Sporting o Peseiro seriamos campeões logo no inicio da segunda volta!
Estou confiante, acho que vamos ganhar com 10 de avanço.

Etiquetas:

posted by J G at 9:40 da tarde . | link | 0 Comentários

A Visão Azul da Vitimização Verde

Um lado menos negativo da passagem do Engenheiro pelo nosso clube foi obrigar os nossos dois maiores rivais a concentrarem-se entre eles, já que nós dificilmente teríamos êxito. Ora depois dos recentes clássicos no Dragão, e em Leiria, parece que os rivais azuis acordaram para uma realidade a que nós já estamos habituados desde pequeninos. De roubos todos os clubes se queixam, mas quanto à razão de serem honestos, e gente séria, só um clube pode ser levado a sério, os nossos "amigos" verdes. Segundo eles, só o Sporting é que é sempre prejudicado, e por serem os únicos honestos não ganham tanto como os outros. Cresci a ouvir isto enquanto me habituei a ver o Sporting sempre do 3º lugar para baixo no fim dos campeonatos. Por isso hoje já nem ligo à conversa.
Mas, pelos vistos, os azuis do norte começam a perceber que a conversa da vitimização traz muitas vantagens para Alvalade, e ultimamente tem sido habitual ver críticas do azul às arbitragens.
Para ilustrar isto, e o pretexto para este post, convido-vos a ler o que Miguel Sousa Tavares escreve hoje na sua coluna d'A Bola:

(clickar para aumentar)

Etiquetas:

posted by J G at 6:30 da tarde . | link | 0 Comentários

Pedro Ribeiro Responde ao Inquérito Pós Engenheiro

Pedro Ribeiro é um dos grandes comunicadores da minha geração. Director da Rádio Comercial, e presença frequente nos comentários de jogos de campeonatos internacionais na Sport TV, o homem que contagia milhares de portugueses logo pela manhã com a sua boa disposição nunca escondeu o seu benfiquismo, e por isso uma vez no Terceiro Anel dediquei-lhe umas linhas que podem ser recuperadas aqui: Domingo Subjectivo - Pós Derby
Hoje Pedro Ribeiro dispensa uns minutos das suas férias e responde em tons de Encarnado e Branco:

Como é que sobreviveste a 15 meses de “Santismo”?
Com espírito de missão.

A notícia da saída de Fernando Santos fez-te vibrar mais do que o golo do Petit de cabeça(!) no Bessa?
Não. A Saída do engenheiro já vem tarde. O golo do Petit veio cedo demais. Devia ter aparecido 4 minutos depois.

Apesar de tudo Fernando Santos é benfiquista e por isso merece ser feliz. Achas que ele devia tentar contrariar o ditado “Santos da Casa Não Fazem Milagres” noutro espaço que lhe é caro como o Centro Desportivo de Fátima na Liga de Honra?
Acho que toda a gente tem o direito de ser feliz, mas essa felicidade não pode ser à custa da infelicidade de 6 milhões.

Em que nomes apostas para melhores reforços desta época?
Falamos no fim.

E que jogadores gostarias de ver contratados até ao fim do mês?
Simão Sabrosa do Atlético de Madrid, Geovanni do Manchester City, Manuel Fernandes do Everton e Ricardo Rocha do Tottenham.. Não sendo possível...reforços a sério.

Camacho é a melhor aposta, ou preferias o regresso de Trappatoni? O italiano perdeu a Taça mas foi campeão…
Eu sou dos que acha que o Benfica foi campeão apesar de Trapatonni e não por especial mérito dele. Entre um e outro, apesar de Camacho ser tacticamente limitado, vou pelo espanhol.

Qual o melhor jogo do Benfica de Camacho na primeira passagem do espanhol pela Luz?
Alvalade 2-0. Final da Taça com o Porto. O injustíssimo 0-0 aqui com o Inter.


Vamos ser campeões com quantos pontos de avanço?
É indiferente!

Etiquetas:

posted by J G at 12:12 da tarde . | link | 5 Comentários

Convidados de Honra Para Celebrar a Saída do Engenheiro

Tenho noção que nos últimos 15 meses este espaço tem sido ocupado com prosas muito mais pessimistas do que optimistas. Só tivemos paz no mês de Junho de 2006, altura do Mundial, a partir daí tem sido um pesadelo semanal com momentos históricos como a altura em que após o 2º golo do FC Porto no Dragão deixei de ver o jogo, ou quando nem fui à Luz ver o Estrela. Chegou ao fim esse ciclo horrendo e voltamos à vida normal no clube, que é o mesmo que dizer que vamos passar a poder viver entre a euforia, e a desilusão, sentimentos próprios dos adeptos que sonham com a felicidade do seu clube. Pelo menos agora podemos sair da aura negativista que o Santos arrasta consigo para todo o lado.
Para comemorar resolvi desafiar ilustres benfiquistas, companheiros de sofrimento e alegria, e que acompanham as minhas prosas desde o tempo do Terceiro Anel.
Vamos iniciar um novo ciclo, vamos ser positivistas, e optimistas, vamos acreditar, e vamos apoiar (como sempre, apesar de tudo) o nosso Benfica.
Nos próximos tempos divirtam-se com as respostas de alguns benfiquistas bem conhecidos de todos nós ao Inquérito Pós Engenheiro.

Etiquetas:

posted by J G at 10:53 da manhã . | link | 1 Comentários

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

O Previsível Regresso de Camacho


Está feito. Camacho regressa à Luz. A onda de entusiasmo nas bancadas está garantida, o êxito desportivo nem por isso. Vamos ter tempo para falar do regresso do espanhol. Para já apenas o facto de Santos sair é mais do que motivo para sorrir.
Mas há muito para escrever, há muito para meditar, e há muito para apontar. Luís Filipe Vieira não fica bem nesta fotografia, e esta decisão cheira-me a desespero numa curva descendente do seu reinado. Mesmo porque tudo isto estava-se a adivinhar.
Eu escrevi aqui há poucos dias que este cenário era certo.
Nas próximas horas passemos a outras fases, para já desejo boa sorte a Camacho, e comemoro a saída de Santos, que mais uma vez não soube sair pelo seu pé.

Etiquetas:

posted by J G at 1:11 da tarde . | link | 13 Comentários

FINALMENTE!!! ADEUS SANTOS!

Agora que já tinha decidido fazer uma pausa no blogue enquanto o Santos fosse nosso treinador o Presidente resolve demiti-lo.
Que alívio!!
Podemos começar tudo de novo. Mas ao olhar para o calendário dá-me ideia que a decisão já vem um pouco tarde. Diria mesmo que vem 1 ano e 3 meses atrasada.
Para já ... UUUFFFF!

Etiquetas:

posted by J G at 11:20 da manhã . | link | 11 Comentários

domingo, 19 de agosto de 2007

Leixões 1 - 1 Benfica


Sou do Benfica
E isso me envaidece
Tenho genica
Que a qualquer um engrandece
Sou de um clube lutador
Que luta com fervor
Nunca encontrou rival
Neste nosso Portugal

Ser Benfiquista
É ter na alma a chama imensa
Que nos conquista
E leva a palma à luz intensa
Do Sol que lá no céu
Risonho vem beijar
Com orgulho muito seu
As camisolas berrantes
Que nos campos a vibrar
São papoilas saltitantes

FICHA DE JOGO

Estádio do Bessa, no Porto
Árbitro: Jorge Sousa (AF Porto)
Árbitros auxiliares: José Ramalho e José Luís Melo

LEIXÕES – Beto; Marco Cadete, Elvis, Nuno Diogo e Ezequias; Bruno China, Pedro Cervantes (Hugo Morais, 84’) e Paulo Machado; Jorge Gonçalves (Nwoko, 71’), Roberto (Tales, 77’) e Vieirinha.

BENFICA – Quim; Nélson, Katsouranis, David Luiz e Léo; Petit; Luís Filipe (Fábio Coentrão, 70’), Rui Costa e Nuno Assis (Andrés Diaz, 90’); Nuno Gomes (Bergessio, 55’) e Cardozo.

Ao intervalo: 0-0

Golos: 0-1, Petit (89’); 1-1, Nwoko (90’).
Acção disciplinar: Amarelos a Roberto (57’), Nuno Assis (67’) e Rui Costa (90’)


(se o santos não sair brevemente pondero suspender este espaço até isso acontecer)

Etiquetas: ,

posted by J G at 3:08 da manhã . | link | 14 Comentários

sábado, 18 de agosto de 2007

Leixões - Benfica

21h00 | SportTV 1
Jorge Sousa [AF Porto]
José Ramalho + José Luís Melo

Leixões
Treinador Carlos Brito

1 | Beto GR
20 | Marco Cadete LD
22 | Nuno Diogo DC
4 | Elvis DC
15 | Ezequias LE
14 | Bruno China MD
25 | Jorge Duarte MD
6 | Paulo Machado MO
17 | Vieirinha AD
9 | Roberto AV
19 | Jorge Gonçalves AE
12 | Jorge Baptista GR
13 | Joel DC
2 | Rúben LE
8 | Pedro Cervantes MO
7 | Hugo Morais MO
28 | Tales AV
| Nwoko AE

Benfica
Treinador Fernando Santos

12 | Quim GR
2 | Luís Filipe LD
8 | Katsouranis DC
23 | David Luiz DC
6 | Petit MD
10 | Rui Costa MO
22 | Nélson AD
25 | Nuno Assis AE
21 | Nuno Gomes AV
7 | Cardozo AV
24 | Butt GR
28 | Miguel Vítor DC
11 | Miguelito LE
30 | Freddy Adu MO
16 | Fábio Coentrão AD
19 | Bergessio AV
9 | Mantorras AV

Etiquetas: ,

posted by J G at 1:58 da tarde . | link | 4 Comentários

sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Bonito

Bonito é estar a passear calmamente no Norte Shopping em pleno Porto e ver três jovens em tempos diferentes a vestir orgulhosamente camisolas do Benfica. Deviam ser emigrantes, diz-me quem mora cá.
posted by J G at 4:11 da tarde . | link | 9 Comentários

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

A Norte


Após a noite de desilusão na Luz resolvi procurar abrigo a norte. Vim para a última noite de Paredes de Coura, e aproveito para estender a estadia até ao fim de semana e assim apoiar o Benfica no Bessa.
Engraçado como o mesmo estádio pode estar no nosso caminho tantas vezes e suscitar emoções tão diferentes.
O estádio do Bessa tem sido várias vezes palcos de jogos do Benfica contra outras equipas que não o Boavista, dono da casa. Quando a nova Luz ainda não estava operacional jogámos lá contra a Lazio, por exemplo. Aí não correu bem.
Mas ultimamente as alegrias eram mais fortes, basta dizer que foi no Bessa que festejei o último título de campeão. Depois disso já tinhamos lá voltado para vencer o Boavista, e eliminado da Taça o Leixões com golos de... Simão.
Ora, desde que a besta tomou conta da equipa as nossas idas ao Bessa mudaram drásticamente de forma. Na época passada o nosso campeonato começou exactamente aqui, no Bessa, e com um resultado vergonhoso a todos os níveis. Para sábado não estou confiante, vou apoiar, mas sei que no banco já estamos a perder 0-1.

Etiquetas: ,

posted by J G at 6:32 da manhã . | link | 2 Comentários

Encarnado e Branco Hoje No Público!

O texto que fiz sobre o jogo em casa contra o Copenhaga aparece hoje destacado na 2ª página do caderno P2 do jornal diário Público, na área Blogues em papel.
Agradeço a menção honrosa.

Etiquetas:

posted by J G at 5:23 da manhã . | link | 1 Comentários

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Benfica 2 - 1 FC Copenhaga: Rui, Ele Não Merecia...

Rui Costa foi o herói de uma noite europeia embaraçosa para quem anda nisto há muito tempo.
Para a maioria dos que estiveram nas bancadas da Luz foi uma noite boa, o Benfica ganhou e no fim até se ouviu muita gente a festejar. Para esses milhares, os que vão ao estádio uma vez por ano no mês de Agosto, só quero dizer que o resultado foi perigoso, não era caso para festejar. Mas eu compreendo, houve muita gente que pensava que este era o tal jogo de borla que nós, os que compramos o cativo, tínhamos direito e então ficaram satisfeitos com a vitória.
Só que a dura realidade é que isto já foi tudo a sério, e foi tudo mau de mais para ser verdade.
Se este é o Benfica melhor dos últimos anos de que ouvi falar nas últimas semanas, então nem quero pensar no que será o pior.

Não há desculpas, o treinador está lá há um ano, desta vez teve o mês inteirinho para fazer a pré época já em instalações decentes, vieram reforços, e sobre os que sairam, ou estão de saída, o treinador nem piou. Isto quer dizer que temos uma equipa de futabol fraca tal como no ano passado, só que agora sem o Simão.
Faça-se justiça a Rui Costa, apareceu como salvador com dois golos à Rui Costa.
Não me entendam mal, o Benfica a ganhar é o mais sagrado que pode haver nesta vida, mas o Rui apareceu em má altura. Já o bom do David Luiz deu um balão de oxigénio ao seu treinador contra os rivais, e não era preciso.
Rui, ele não merecia a tua exibição! Isso é dar pérolas a porcos. Longe de mim querer o mal do Benfica, mas neste caso era um risco que valia a pena correr, iamos para a UEFA mas despedia-se o anormal, já que ele não tem um pingo de vergonha e continua agarrado ao lugar.

O Benfica não conseguiu mostrar aquilo que se esperava, aquele meio campo é uma confusão impressionante, a substituição do Luisão é inacreditável!!!
Ou o Luisão estava lesionado, e então como é que foi utilizado?!?! Não aprenderam ainda com o exemplo do jogo de Paris, caramba?!?!
Ou o Luisão é o culpado por toda a porcaria que a equipa jogou e foi tirado logo a seguir a sofrermos o golo como castigo.
Qualquer das hipóteses me levam a uma conclusão; andam a brincar com o Benfica!
Atirar o Adu a correr como se estivesse ali o Pelé pronto a entrar é uma imagem que me fica na memória. Fernando Santos de pé a empurrar o puto americano, enquanto tirava Luisão... Foi ao melhor nível do que já tinha visto em Copenhaga ao minuto 78 com o Benfica a trocar a bola cá atrás com zero a zero.
Assim com o bis do Rui o homem vai continuar a falar, e a falar, e a falar, e vamos para o jogo com o Leixões de credo na boca. Quem confia nesta equipa?! Eu não!
Não salvem mais o couro ao atrasado mental, deixem-no ir embora.
Qualquer dia começo a apelar aos companheiros benfiquistas para um ultimato à Direcção: ou ele ou nós.

Etiquetas: ,

posted by J G at 12:07 da manhã . | link | 10 Comentários

terça-feira, 14 de agosto de 2007

Agora a Sério!

Benfica-FC Copenhaga
Estádio da Luz, em Lisboa
20h15 | SIC


Viktor Cassai [Hungria]
Zsolt Attila Szpiskac [Hungria] + Tibor Vamos [Hungria]

Benfica
Treinador Fernando Santos

12 | Quim GR
2 | Luís Filipe LD
4 | Luisão DC
23 | David Luiz DC
5 | Léo LE
6 | Petit MD
8 | Katsouranis MD
25 | Nuno Assis MO
10 | Rui Costa MO
19 | Bergessio AV
7 | Cardozo AV
24 | Butt GR
22 | Nélson LD
11 | Miguelito LE
30 | Freddy Adu MO
16 | Fábio Coentrão AE
9 | Mantorras AV
21 | Nuno Gomes AV

FC Copenhaga
Treinador Stale Solbakken

1 | Christiansen GR
23 | Kvist LD
14 | Gravgaard DC
5 | Hangeland DC
3 | Jansen LE
6 | Wurtz MD
4 | Norregaard MD
8 | Silberbauer AD
13 | Hutchinson AE
10 | Gronkjaer AV
11 | Allback AV
41 | Coe GR
17 | Wendt LE
15 | Antosson DC
27 | Neestrup MO
24 | Sionko AD
9 | Nordstrad AV
7 |Ailton AlmeidaAV

Etiquetas: ,

posted by J G at 3:39 da manhã . | link | 3 Comentários

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Se o Manel Sai...

... é um grande tiro no pé!
Depois de dias seguidos a treinarmos com o Simão, e depois da pré época toda a jogar com o Manuel Fernandes, deixá-lo sair na véspera do primeiro jogo oficial da época é estúpido!

Etiquetas:

posted by J G at 5:27 da tarde . | link | 14 Comentários

Para Amanhã

Lista de convocados:

Guarda-redes: Quim e Butt;

Defesas: Luís Filipe, Nélson, Luisão, David Luiz, Léo e Miguelito;

Médios: Petit, Manuel Fernandes, Rui Costa, Nuno Assis, Katsouranis, Fábio Coentrão e Freddy Adu;

Avançados: Cardozo, Nuno Gomes, Mantorras e Bergessio.

Etiquetas:

posted by J G at 2:31 da tarde . | link | 8 Comentários

domingo, 12 de agosto de 2007

Um Dia Quero um Gerrard no Benfica



Fabuloso pontapé que deu a vitória ao Liverpool após consentirem o empate num penalti estúpido por mão na bola na área por Carragher.

Etiquetas:

posted by J G at 5:01 da manhã . | link | 1 Comentários

sábado, 11 de agosto de 2007

Começou o Campeonato Inglês

Etiquetas:

posted by J G at 12:59 da tarde . | link | 5 Comentários

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Fantasy Legue - Campeonato Inglês

Arranca amanhã o melhor campeonato de futebol da Europa e como já é tradição deixo o desafio para que se increvam da Fantasy League e que se juntem à Liga Encarnado e Branco usando este código: 830480-147908

Etiquetas:

posted by J G at 1:49 da tarde . | link | 6 Comentários

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Só Tu É Que Ainda Não Entendeste, Fernando

Ouve-se de norte a sul, ou do centro a sul por onde tenho andado mais nos últimos tempos, à boca cheia que o treinador do Benfica tem os dias contados. Oiço gente afirmar com tanta convicção que o Engenheiro ia de vela se tivesse perdido no Guadiana que até me faz ficar com pena de ter vencido os lags.
O Engenheiro está em contagem decrescente, basta ler os artigos da bola a falar de pressão, e conversar com pessoal que anda mais dentro do meio futebolístico para percebermos que o homem não vai aguentar muito. Ele também deve perceber que está por um fio e então fala em ser campeão, e tal, mas no fundo ele sabe que não vai ter margem de manobra. O que pensa ele então fazer? De certeza que está a pensar arrancar a época com umas 10 vitórias seguidas que lhe dê margem para sobreviver. Só que ninguém acredita nisso, talvez nem ele, e assim seria mais lógico o homem sair pelo próprio pé. Isso seria o seu fim como treinador de topo, Santos nunca mais vai conseguir sair do rótulo de falhado, e por isso agarra-se com todas as forças ao que ainda tem. Já tinha sido assim na parte final da sua passagem pelo Sporting, agora é ainda mais dramático.
Por outro lado com a saída de José Veiga da estrutura encarnada a via fica aberta para a escolha do sucessor de Santos.
Todos nós ficariamos admirados se o Fernando conseguisse aguentar mais 6 meses, ou se Vieira escolhesse um sucessor para Veiga. É que quando o triste reinado de Santos terminar é certo que pela porta da Luz só pode entrar José Antonio Camacho, o último homem de consenso num banco do Benfica. E com Camacho não precisamos de mais ninguém para o lugar de Veiga.
Isto parece-me evidente hoje, no futuro veremos.

Etiquetas:

posted by J G at 5:22 da tarde . | link | 3 Comentários

Primeiros 10€

Já gastei os primeiros euros com o Benfica 2007/08. Comprei o bilhete para o jogo com o Copenhaga na Luz da próxima 3ª feira. Já cheira a bola.
Vou fingir que não percebi que fui enganado em relação ao jogo de apresentação que seria um bónus por comprar o cativo da época. A apresentação afinal é a sério e a pagar.

Etiquetas:

posted by J G at 4:26 da tarde . | link | 1 Comentários

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Era Uma Vez...

Regressado do Sudoeste resolvi sentar-me a ver o Troféu Moretti na Sport TV. Não tenho ligado muito a futebol na pré-época, só o Benfica é que acompanho, mas hoje estou entretido a ver o Nápoles. Gosto de ver o Nápoles entre os grandes porque me faz lembrar dos tempos de Maradona. Faz agora 17 anos que a cidade de Nápoles festejou a vitória da Argentina contra a Itália no Mundial 90. Ainda hoje em Nápoles Diego é Deus. Relembremos esses tempos:

Etiquetas: ,

posted by J G at 7:47 da tarde . | link | 0 Comentários

terça-feira, 7 de agosto de 2007

Reencontro o Copenhaga

O Copenhaga ultrapassou os israelitas após prolongamento. Ganhou 1-0 em casa empatou hoje 1-1.
Agora espero que se resolva logo tudo na Luz. Podemos repetir o 3-0 de há um ano.

Etiquetas:

posted by J G at 10:15 da tarde . | link | 1 Comentários

Sem Jogo de Apresentação

O jogo da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões do Benfica foi antecipado para dia 14, terça-feira, e terá início, no Estádio da Luz, às 20h15.
A ver se contra dinamarqueses ou israelitas.

Etiquetas:

posted by J G at 5:09 da tarde . | link | 1 Comentários

segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Benfica 1 - 0 Sporting



Ganhámos, e ganhámos ao nosso rival. Foi o melhor da pré época. Uma noite de alegria. No meu caso, uma noite de alegria passada na sala de imprensa do Festival Sudoeste em que pude gritar golo à frente de uns quantos lagartitos. Tinha aqui pedido ontem dignidade, e houve. Ainda bem.
Mas ... Sinceramente, a nível futebolístico não foi convincente, embora contra o Sporting só me interesse vencer. Só que isto foi um jogo de preparação, e não me parece que estejamos anda preparados para uma época de vitórias como desejamos.
Ganhámos, ainda bem que apareceu o golo do David Luiz porque em jogos contra os lagartos só nos interessa ganhar.
Mas as dúvidas para o futuro estão cá todas.

Etiquetas: ,

posted by J G at 4:24 da tarde . | link | 9 Comentários

domingo, 5 de agosto de 2007

O Primeiro Derby

Logo jogamos o primeiro derby da nova época.
Só peço um pouco mais de dignidade no confronto com o rival de sempre.

Etiquetas:

posted by J G at 4:06 da tarde . | link | 2 Comentários

sábado, 4 de agosto de 2007

Ora, Nem Mais!

posted by J G at 1:05 da tarde . | link | 0 Comentários

Bétis 0 - 0 Benfica

Meu amigos, é oficial: estamos lixados.
O nosso Benfica não joga absolutamente nada que nos transmita alguma confiança para uma época de vitórias. Se hoje utilizámos o esquema nº2 do Engenheiro, uma espécie de 4-3-3 então é de ficarmos preocupados porque foi tudo muito mauzinho.
Ok é pré época não interessa. Mas alguém já viu alguma coisa de interessante nesta nova versão do Benfica que já leva um mês?
Preocupante, muito preocupante!

Etiquetas: ,

posted by J G at 4:36 da manhã . | link | 5 Comentários

sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Arranque no Bessa

O Leixões vai receber o Benfica no Bessa.
Menos mal, falava-se no Dragão.

Etiquetas:

posted by J G at 2:06 da tarde . | link | 3 Comentários

FC Copenhaga ou Beitar de Jerusalém

Vamos receber os dinamarqueses ou israelitas a 14 ou 15 de Agosto. O encontro da segunda-mão está marcado para 28 ou 29 deste mês.
Se for com o FC Copenhaga peço desde já ao Engenheiro que não comece a jogar para o 0-0...

Etiquetas:

posted by J G at 2:02 da tarde . | link | 1 Comentários

quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Luizão ?!

Sai Andersson e entra , emprestado, Luizão que jogou na selecção brasileira sub 20 ao lado de David Luiz.
Precisamos mesmo de dois nomes iguais lá atrás? Ao menos que seja igual ao original.

Etiquetas: ,

posted by J G at 10:45 da manhã . | link | 4 Comentários

Luís Filipe??

Porra, pá! Tenham dó de mim.

Etiquetas: ,

posted by J G at 10:40 da manhã . | link | 7 Comentários

Programa da 1ª Jornada - Benfica à Espera

Sexta-feira, 17 de Agosto

Sporting-Académica, 20h30

Sábado, 18 de Agosto

Marítimo-Paços de Ferreira, 16 horas
Nacional-Estrela da Amadora, 16 horas
Sp. Braga-FC Porto, 19 horas

Domingo, 19 de Agosto

V. Guimarães-V. Setúbal, 18h45

Segunda-feira, 20 de Agosto

Naval-Belenenses, 19h45

Terça-feira, 21 de Agosto

U. Leiria-Boavista, 19h45

Fica apenas por conhecer o dia e a hora do Leixões-Benfica, certo é que não se vai realizar no Estádio do Mar, cujas obras não vão estar concluídas na altura do arranque do campeonato.

Etiquetas:

posted by J G at 1:23 da manhã . | link | 2 Comentários

quarta-feira, 1 de agosto de 2007

FÉRIAS!

Finalmente chegaram as férias. 20 dias seguidos sem compromissos profissionais.
Adivinham-se viagens até à Zambujeira do Mar, e Paredes de Coura, muito sol, muita comida e bebida, muita música, e sempre perto dos amigos. E se tudo correr bem dia 18 em Matosinhos para apoiar o Benfica.
No entanto fica a promessa de ir mantendo este espaço actualizado, agora em modo de férias.
Viva o verão!
posted by J G at 12:50 da tarde . | link | 4 Comentários