Encarnado e Branco

TVGolo.com - Novos Golos

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Agora a Europa

Estamos a caminhar para atingirmos a metade da temporada e as respostas que queremos ter lá mais para Maio não estão a vestir as cores que mais desejamos.
O campeonato começou mal, e com Fernando Santos ainda no banco, mas com o passar do tempo a equipa foi ganhando forma, e conseguiu uma assinalável recuperação que já poucos esperavam.
Ao ponto de chegarmos ao embate com o Porto na Luz com possibilidade de reduzirmos a desvantagem para 1 ponto.
Mais uma vez, como tem sido hábito desde a era de Trappatoni, o Benfica falha na hora da verdade. Ainda vamos a tempo de mudar esta tendência lá mais para a frente, para isso temos que manter a regularidade no Campeonato, e esperar por novas escorregadelas dos dragões.

Penso que a chave para um salto em frente a nível de resultados finais está no mercado de Janeiro. Há muito disparate entre os reforços benfiquistas. Se é verdade que alguns jovens merecem tempo de beneficio de dúvida, como é o caso de Fredy Adu, outros há que começam a parecer meros erros de casting como Fábio Coentrão, ou Di Maria.
Mas o mais grave é ver o nosso investimento de 9 milhões de euros a não dar frutos. A compra mais cara do Benfica não corresponde com golos. Já o disse, e repito, simpatizo, e torço por Cardozo, aliás como já acontecia com Kinkin, mas quando se fala da aposta mais forte de uma época esperamos sempre alguém que venha claramente desiquilibrar, e isso não está a acontecer. É muito por aqui que o Benfica não está melhor.

Pelo meio ficou uma Taça da Liga para trás, e agora vem o diferendo europeu.
Isto da Europa tem muito que se lhe diga.
Se é verdade que na época dos 80's me habituei a ter noites europeias na Luz até Março/Abril, e até Maio, com muita regularidade, também é preciso não esquecer que a partir de metade da década de 90 batemos no fundo. E esses tempos estão bem mais próximos da memória, do que as gloriosas noites da nossa história.
Felizmente, nas últimas épocas voltámos a ser respeitados na Europa. Subimos no ranking da UEFA, voltámos a ser cabeças de série nos sorteios. Começámos timidamente pela Taça UEFA, e acabámos por ser presença assídua na Champions. Nas últimas 3 épocas a Europa voltou a habituar-se a ver as camisolas berrantes a meio da semana a combater com os maiores emblemas do continente, e não mais tivemos humilhações que tanto alegraram os eternos rivais.
Pelo novo Estádio da Luz têm passado com regularidade os melhores jogadores do mundo, ainda na 4ª feira pudemos ver Kaká dias antes de ser coroado Bola de Ouro, grandes equipas da Europa que trazem legiões de fiéis atrás de si. Enfim, voltou-se a fazer história na Luz.

Por tudo isto, andar na Europa não nos é indiferente, faz parte da nossa cultura.
Em Abril deste ano fui até Barcelona atrás do Benfica. Fui ver os 1/4 final da Taça UEFA contra o Espanhol, e senti o quanto somos respeitados na Catalunha onde mora um dos maiores clubes do mundo. Sentimos orgulho, claro.
Há ano e meio fui até Liverpool acompanhar o jogo decisivo dos 1/8 final da Champions. Presenciei a História ao vivo. Saímos de Anfield Road debaixo de uma salva de palmas, e de palavras inesquecíveis. Todos os ingleses sabiam o que era o Benfica.
Sendo assim não posso olhar para o jogo de amanhã na Ucrânia como apenas mais um, e dá-me ideia que a nação benfiquista ficou de tal maneira desanimada que nem está com muita fé.
É preciso ganhar ao Shaktar! É preciso continuar na Europa como tem acontecido nos últimos anos.
Se , por acaso, o Benfica não vencer e sair da Europa também não acaba o mundo. Já vi eliminatórias serem resolvidas desfavoravelmente antes de Dezembro em plena Luz. Não é um caos. Mas, pelo menos, vamos lá encarar a última partida com garra!

Etiquetas:

posted by J G at 8:54 da tarde

8 Comentários:

Fantastico post. É isso mmo!
Anonymous Anónimo, at 8:54 da tarde  
JG quando é preciso dá-nos sempre a prosa que se impoe. Espero que estejas melhor, e obrigado pelo texto. Nao é a 1 vez que fico mais empolgado antes de um jogo depois de ler coisas tuas.
nao me admira que tenhas uma media de meio milhar de leitores diarios que ja some 200mil. parabens e vamos la ganhar

mario
Anonymous Anónimo, at 9:08 da tarde  
João Pinto, que viveu tantos e tão gratificantes momentos de elevação, civismo e boa educação, no célebre “túnel das Antas”, sentiu-se indignado com as palavras de Nuno Gomes. Fica o aviso e o alerta: cuidado com as palavras que se usam próximo dos delicados ouvidos de João Pinto.
Blogger O INFERNO DA LUZ, at 11:12 da tarde  
Pois é... e por posts como estes que tens as tais 200 mil visitas (e justificadas)! Parabens - racionalidade, paixão, bom senso e talento - Excelente blog.
Blogger 1135r, at 12:08 da tarde  
Não concordo com ir ao mercado em Janeiro, embora isso já seria previsivel depois do defeso que LFV nos proporcionou.

Di Maria e Fábio Coentrão não são flops, estão é num clube que não hesita em queimá-los rapidamente e sem tolerância.

Costumo dizer que não são as camisolas berrantes que pesam, mas sim a pressão que os adeptos do Benfica exercem, isso sim, é que pensa mais do que em qualquer outro clube.
Blogger GR1904, at 3:28 da tarde  
Também eu acho que a manutenção na Taça Uefa era bom não porque vamos ganhar essa taça mas porque permite recuperar algum do prestigio perdido nos anos 90 e animar-nos um pouco porque a liga já foi... e quem sabe não recebemos grandes nomes da Europa ainda há muito peixe a discutir o acesso á Champions e por consequencia á UEFA logo...

Logo é para ganhar
Blogger HERMIONE, at 5:40 da tarde  
Concordaria com a ida ao mercado de inverno se fosse para trazer um jogador que entrasse de caras na equipa. Mas como não há nenhum clube no mundo que tenha comprado um jogador em Dezembro e tenha vingado em 6 meses seria então mais um para queimar.

Quando fomos campeões tinhamos um plantel curto (demasiado) e só fomos ao mercado de inverno para encher um pouco mais o banco.

Agora temos um plantel (desequilibrado, talvez) com jogadores que sobram. Não precisamos de banco, precisamos é de aproveitar o banco que temos.
De dar experiencia a jogadores que já vimos que podem render bem mais do que aquilo que estão a render.
Esta é a minha opinião.

Se formos comprar no mercado de inverno e depois não formos campeões entao vamos culpar o presidente, o treinador, etc, ou seja, voltamos ao mesmo de sempre.

Fiquem bem,

Wiggy
Anonymous Anónimo, at 6:51 da tarde  
Epá,fiquei contente, mas ao mesmo tempo...se temos ganho aquele jogo em casa contra estes urcranianos abrasileirados. Mas, menos mal...ainda temos a Taça Uefa, mais jogos para seguir na Luz, sentir aquela ansiedadezinha do sorteio, conhecer o adversário. Sem Europa é que não!!!
Blogger catenaccio, at 9:48 da tarde  

Comentar