Encarnado e Branco

TVGolo.com - Novos Golos

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Celtic 1 - 0 Benfica

Vou ser directo, objectivo, e frio.
O Benfica hoje fez o suficiente para sair com um resultado positivo de Glasgow. Mais, o Benfica na 1ª parte podia, e devia, ter chegado à vantagem com naturalidade tal foi o domínio e a quantidade de oportunidades criadas perante um Celtic surpreendentemente apático.
Vou mais atrás para afirmar que, teoricamente, o Benfica no defeso fez tudo para garantir que em jogos importantes da época, como o de hoje, iria ter um jogador capaz de concretizar o bom trabalho do resto da equipa. Para isso o Benfica investiu como nunca o tinha feito na sua história num ponta de lança gastando 9 milhões de euros. Pela primeira vez em muitos anos reinou entre nós benfiquistas a esperança de , finalmente, termos um verdadeiro matador capaz de traduzir em golos e em pontos as tradicionais vitórias morais, e acabar de uma vez por todas com o discurso do "estivemos bem mas tivemos azar, não fomos felizes, e o árbitro não ajudou porque somos pequeninos etc e tal...".
Quando se compra um jogador para uma determinada posição e se investe uma fortuna no contexto de gastos do clube é porque se aposta definitivamente na finalização.

Acho que até aqui estamos todos de acordo. O pior vem a seguir.
É que o jogador está lá mas não vale os 9 milhões de euros. A nível europeu a questão está arrumada. O investimento não foi recompensado, e pela primeira vez nos últimos 3 anos devemos acabar a carreira europeia em Dezembro. É pena.
O nosso matador devia ter cumprido o serviço mínimo e não foi capaz. Em Milão tinha de acertar dentro da baliza e não no poste, e hoje tinha que aproveitar, pelo menos, uma das várias bolas redondinhas que os seus companheiros lhe deram. Não foi capaz.
É isto que falta ao Benfica. Acertar num grande investimento.
É claro que não se fez um jogo perfeito, é claro que houve enganos no banco, é claro que ter Luís Filipe a titular é ridículo, é claro que não se pode defender tão atrás, a dar tanto espaço que se convida o adversário a chutar à baliza no último minuto da 1ª parte acabando por levar o único golo. É claro que deviamos defender mais alto, com mais pressão, e com mais vontade, mas o que há hoje a reter é que durante largos minutos no arranque do jogo vimos um Benfica mandão, atacante, e a criar oportunidades que o seu reforço mais caro não conseguiu aproveitar.
Dispor de 9 milhões de euros para uma compra é um luxo, desperdiçá-los é um erro grave.
O resto parece retirado das tradições do futebol do velho continente, parece que é nossa sina ter que perder em Glasgow, e nem nos atrevemos a querer mudar a força da tradição. Foi pena, porque hoje tivemos tudo para mudar a História. Fraquejámos como de costume.

Para finaliza, e para que não fiquem dúvidas, quero aqui afirmar que gosto muito do Cardozo. A sério. Gosto mesmo. Acho-o esforçado, acho que tem potencial, acho que pode ser trabalhado a nível de jogo de cabeça, a nível físico, de mobilidade e posicional, e que dentro de algum tempo pode explodir como grande ponta de lança. É preciso trabalhá-lo e ajudá-lo. Só que por 9 milhões ele já devia vir com estas etapas todas cumpridas.
A Europa acaba mais cedo para nós, e como não me apetece ir a Donetsk este ano não vou fazer a viagem ao estrangeiro com o meu Benfica. Paciência.


PS o resultado e a exibição foram bem mais dignos do que na época passada, e desta vez equipámos de vermelho como deve ser!


Central Park, Glasgow

Árbitro: Martin Hannson

Benfica: Quim, Luís Filipe, Edcarlos, Luisão, Leó, Binya, Katsouranis, Maxi Pereira (Di Maria 60 m) Rodríguez, Rui Costa (Bergessio 76 m) e Cardozo (Nuno Gomes 76 m).

Suplentes: Butt, Zoro, Nuno Assis, Adu.

Celtic: Boruc, Naylor, Caldwell, Brown (Sno 88 m), Vennegoor (Donati 67 m), Hartley, Jarosik (Killen 67 m), McDonald, Kennedy, McManus e McGeady.

Suplentes: Brown, Zurawski, Riordan e O’Dea.

Disciplina: Cartão amarelo para Maxi Pereira (41 m). Cartão vermelho directo para Binya (84 m).

Golos: McGeady (45 m).

Etiquetas: ,

posted by J G at 12:45 da manhã

9 Comentários:

Camacho não conseguiu até este momento equilibrar a equipa.
Ainda não conseguiu ganhar por completo o meio-campo. De resto o Benfica so jogou bem na primeira parte mas acaba o Rui Costa e ninguém assume o jogo. De resto já começo a ficar um pouco farto daquela conversa de que as equipas do reino unido quando jogam duro é apenas viril, quando são equipas latinas é maldade. Não que a expulsão do Bynia seja injusta, não é, mas vi entradas a tão violentas como aquela (até mesmo sobre o bynia) e nem um cartão.
A primeira parte foi o melhor que vi até agora com o Camacho. Espero que continuem a melhorar.

Wiggy
Anonymous Anónimo, at 2:01 da manhã  
ara espanto meu, existe quem tenha gostado do jogo de hoje do Benfica. Pois eu não vi o Benfica jogar, apenas o vi a defender atrás da linha de meio campo e com uma enorme dificuldade em sair com a bola da defesa, em passar a bola do meio campo para a frente. Na frente existiu um homem que valeu 9 milhões de euros, que mais uma vez não conseguiu marcar, mas também é verdade que nunca ninguém lhe fez um passe como deve de ser, nem nunca ninguém o apoio no ataque. A luta de um homem só, contra uma muralha defensiva.

Hoje o Benfica falhou, a equipa falhou, o Camacho falhou. Se era um jogo para homens, então devia ter sido um jogo de coragem, de se ter conseguido puxar pela equipa e de a ter tirado do sector defensivo, de a ter espalhado pelo campo, de ter dominado o meio campo e de ter criado oportunidades de golo.

Com o Celtic jogamos atrás e com o Milão? Como será?

As vítimas deste jogo são fáceis de identificar: Luis Filipe, que ainda não caiu nas boas graças dos adeptos e Bynia, que fez o que não devia fazer, seja na Liga dos Campeões ou no Campeonato Nacional.

Mas Maxi Pereira, Rodrigues e Rui Costa também não conseguiram evidenciarem-se, talvez por falta de qualidade do Maxi Pereira ou cansaço do Rodrigues e do Rui Costa.

A equipa precisava de alguém na frente, que joga-se atrás do Cardoso e fosse abrindo caminho e desviando-lhe os centrais, Adu ou Nuno Gomes podiam fazer essa posição de 2º ponta de lança. Mas as trocas por troca de jogadores, não libertaram a equipa do marasmo em que estava.

Beguesio é um jogador ser nível para o Benfica e o Di Maria tem de crescer primeiro, ganhar experiencia.

Para os próximos jogos o Katso tem de continuar a jogar no meio campo com o Rui Costa, Di Maria e Rodrigues nas alas e na frente Cardoso apoiado pelo Nuno Gomes/Adu.
Blogger Rui Miguel Soares, at 2:12 da manhã  
Se repararem, o Benfica perde o meio campo quando sai Maxi Pereira...
Anonymous Henry14, at 2:15 da manhã  
Tenho a mesma opinião sore o Cardozo, tal como está descrita neste post.
Reconheço-lhe algumas qualidades mas parece-me um jogador muito limitado mesmo para quem custou 9milhões. Quando jogámos em casa contra o Celtic ele precisou de 7 oportunidades claras de golo para marcar 1 vez, algumas contaram com bons pormenores dele, como aquele remate ao poste, mas outros falhanços revelaram claramente muitas fragilidades deste avançado. Ontem a história repetiu-se, teve pelo menos 3 oportunidades, algumas em que teve pormenores interessantes, mas não foi capaz de ser decisivo. Se Cardozo fosse realmente um grande avançado teria marcado ontem, e no jogo da luz teríamos ganho 3-0 pelo menos.

Mas penso que este não é o único problema da nossa equipa, o nosso é mesmo não termos uma grande equipa, por mais que se discutam questões de atitude ou de opções do treinador, isso não fica resolvido, e penso que foi essa a causa da derrota de ontem.

O nosso lado direito precisa de ser remediado, temos 4 jogadores que podem jogar como extremos esquerdos , isto sem contar com o Bergessio que tambêm pode jogar nessa posição, mas não temos um único extremo direito no plantel, alguém que possa dar ao lado direito do ataque a qualidade de Rodriguez no lado esquerdo(para mim até agora de longe a melhor contratação).

Falou-se muito no defeso de uma equipa equilibrada, mas uma quipa não pode ser euilibrada quando se perdem os melhores jogadores, esta época temos montes de estreantes na liga dos campeões, muitos jogadores sem experiência, nunca se pode dizer que um jogador internacional sub-20 que vem da argentina pode ser o substituto de um jogador já feito com mais do que provas dadas no nosso clube, e ainda para mais capitão de equipa.

Faz-se muita propaganda à actual situação financeira do Benfica e ao trabalho de LFV, no entanto o passivo continua na mesma, e todos os anos precisamos de vender pelo menos um dos melhores jogadores para não passarmos fome durante o ano.

Pedro
Anonymous Anónimo, at 10:12 da manhã  
Queria apenas dizer que 9 milhoes nao chegam para comprar um matador que ao fim de 2 ou 3 meses desata a marcar 1 a 2 golos por jogo. Nem sei se existe esse avançado mas sei que o Cardozo tem todos os ingredientes para la chegar. Esta sempre no sitio certo. Remata de primeira, com força e quase sempre a baliza. O facto de ser o jogador com mais remates a baliza nesta ediçao da liga dos campeoes nao vos diz nada? Desculpa la, Joao mas temos ali um grande jogador a fazer-se. O problema vai ser segura-lo quando ele começar a concretizar as oportunidades. Qualquer clube de merda da liga espanhola ou inglesa chega aqui e bate 20 milhoes e voltamos a estaca zero.
Miguel Lopes
Anonymous Anónimo, at 10:26 da manhã  
Vou ser tambem directo, objectivo, e frio.
O nosso Benfica desde a administração, ás politicas de actuação, á defesa dos seus responsaveis até chegar a alguns elementos da equipa, está claramente em degradação. Sangue novo e intervenções positivas no terreno por parte dos seus dirigentes, precisam-se. Ainda que batalhador, este é um Benfica acomodado, deprimido e sem ambição a viver de guerrilhas internas, onde apoiam inclusive o bastão sobre as suas claques. Os anos passam e a pergunta continua no ar, para quando uma nova mentalidade e dinamismo em nossa casa?! Para quando dirigentes capazes de criar riqueza e que saibam defender os seus interesses e os interesses dos sócios, sem oportunismos. Os resultados gerais estão á vista, mais penalizadores para quem os vive esperançado de que na semana seguinte possa ser diferente. Com tanta cadeira vazia em nossa casa, com tanta indeferença geral que transborda dos seus dirigentes, não estará na hora de combater a raiz do problema?
Anonymous Anónimo, at 11:26 da manhã  
Caro Pedro,

Permita-me que assine por baixo o seu comentário.
Anonymous JM, at 11:28 da manhã  
O Cardozo assinou por 5 anos, jogou a Copa América, está a chegar à Europa onde se pratica um futebol mto diferente... eu tb queria sempre dois golos dele por jogo, mas sejamos realistas... :) O potencial está lá todo, e espero mto dele com a nossa camisola, espero não me enganar... hehe Lembram-se do Luisão e de mtos outros sul-americanos qdo chegaram?... Vamos-lhe dar tempo e depois se verá...
Anonymous red rocket, at 5:56 da tarde  
estamos na mesma meus amigos. jogadores com medo de jogar, jogadores com falta de qualidade e classe ( Bynia e luis filipe os casos mais gritantes), pontas de lança que jogam com a cabeça em baixo ( esforçado tambem eu sou...), o maxi pereira não se define muito bem o que ele é, se joga a médio interior ou na ala (acho que nem ele sabe). no fundo temos uma equipa sem caracter com jogadores sem qualidade. Di Maria no banco (este sim com qualidade, mas não pode jogar pois é muito novo... é pra rir) só quando tiver 30 anos é que pode jogar o tempo inteiro. é com jogos que se faz um jogador. e ainda querem meter o nuno gomes lá dentro?! já chega de maus jogadores. o luisão vendia-o por 10 milhões ( se alguem o quiser... as noticias do jornal a bola não contam...)e para finalizar, tempo o benfica não dá a ninguem nem deve dar, o Benfica não pode esperar por ninguem.para isso existe um clube chamado sporting. melhores dias virão meus amigos (acho eu). saudações benfiquistas a todos.
Blogger Vitor, at 3:44 da manhã  

Comentar