Encarnado e Branco

TVGolo.com - Novos Golos

terça-feira, 30 de outubro de 2007

Assembleia Geral do Benfica: Contas Sim (mas a custo). Granadeiro Não! E Agora Presidente?

É uma noite histórica para os benfiquistas.
Passei a minha noite na Luz, como tantas outras, mas hoje para mostrar a quem manda que o Benfica não é só uma montra de vaidades, e que se pode fazer o que quer quem está no poder.
Andamos há meio ano em guerra surda com uma direcção que tem ignorado alguns sócios do Benfica. Foi um erro de cálculo pensar que nós somos sócios menores, e que lá porque passamos os jogos de pé a sofrer e a empurrar o nosso clube para a frente com cânticos, e lá porque gastamos os nossos ordenados, e o nosso tempo livre, e as nossas férias, só para ir atrás do benfica para qualquer sítio de Portugal, e até por essa Europa fora, somos uma cambada de analfabetos, criminosos, básicos, e burros. Enganaram-se. Nós somos muitos, e unidos. Nós não vivemos do clube, mas sim para o clube. Nós não nos organizamos para vender cd's, cachecóis, blusões, livros, ou t-shirts. Nós não nos organizamos para dar entrevistas aos media. Nós não atrapalhamos a vida do clube. Nós não ameaçamos a Direcção. Nós não vandalizamos os bens dos nossos jogadores, ou técnicos. Nós não perseguimos, nem infernizamos a vida de nenhum jogador. Nós não somos nenhum foco de instabilidade no Sport Lisboa e Benfica. Nós não mostramos lenços brancos. Nós não assobiamos nem jogadores, nem técnicos. Nós estamos sempre juntos, sempre unidos, em qualquer lado apenas e só pelo amor que temos ao Benfica. Nós somos muito fortes é a apoiar a nossa equipa. Nós cantamos mais, e melhor, que todos os outros. Os anos passam e os que estão lá sempre na mesma bancada somos nós. De noite, de dia, ao frio, ao sol, ou com chuva, nós estamos sempre presentes. Mas sabemos que os principais não somos nós, os principais são todos aqueles que vestem o manto sagrado da águia ao peito. Estamos sempre com eles.
Nós não queremos regalias, nem precisamos de favores, apenas queremos respeito porque temos as quotas em dia, no meu caso desde Maio de 1984, porque pagamos lugar cativo anual, e porque nunca virámos as costas ao nosso Benfica nem nos momentos menos felizes da sua centenária história.
Nós vivemos na legalidade. Não queremos politiquices no nosso clube. Nós estamos atentos, apesar de terem pensado que não.
Andamos a ser tratados vergonhosamente há meio ano. Percebemos hoje que a nossa Direcção não se interessa pela opinião da imensa blogosfera benfiquista, e por isso ignora os inúmeros relatos de violência, e até vídeos comprovativos, de temos sido vítimas. A nossa Direcção ignora que em todos os jogos no nosso estádio esta época tenhamos sido agredidos pela Polícia. O mais irónico é que a meio desta Assembleia Geral na porta do Estádio da Luz, na Porta1, tenha havido mais confrontos com polícias do corpo de intervenção. Para que não restassem dúvidas tinhamos uma carrinha cheia deles à porta da nossa Assembleia Geral. Aliás, na fila para as inscrições de entrada na sala da Reunião estavam dois "Spotters" que acompanham os nossos jogos!! Tivemos direito a policiamento especial em dia de Assembleia Geral no nosso próprio Estádio.
O senhor Paulo Silva, responsável da segurança e o grande culpado por este estado vergonhoso em que o clube se encontra, não compareceu na Assembleia Geral! A restante Direcção mostrou-se surpreendida com os factos. Vergonhoso!
Mas como tinhamos ali uma prova de que estamos a ser perseguidos as centenas de sócios presentes na sala exigiram explicações. E aí ouviram-se frases fabulosas como esta: "não fomos nós que chamámos a Polícia". Quem teria sido?

O relatório e contas relativo à época 2006/07, que apresenta lucro na ordem dos 618 mil euros passou com cartão amarelo – 1033 votos a favor, 726 contra e 555 abstenções, e porque não era o objectivo de ninguém reprová-lo.
A dificuldade na aprovação das contas deixou visível má disposição no Presidente. Mas o pior estava para vir.
O segundo ponto desta reunião magna foi mesmo recusado. A direcção pretendia conceder a distinção de «sócio honorário» a Henrique Granadeiro, presidente da Portugal Telecom, mas o contra imperou (1734 contra 1279 e 105 abstenções).
Para esse tal Granadeiro ser sócio honorário do Benfica então primeiro tinham-me que fazer uma estátua ao lado do Eusébio. Sócios Honorários somos nós!

E a partir daqui foi o descalabro com o Presidente a não saber lidar com a situação, convencido que isto foi um gesto irreflectido de uma claque. Está enganado Presidente, pense bem nas palavras que o Jorge Máximo lhe dirigiu. Este grande grupo de sócios não está contra o Presidente, nada disso. Nós queremos é respeito! Queremos que o Presidente acabe com esta ditadura policial de que estamos a ser alvos há meses. E não pense que isto foi uma convocatória dos No Name para o chatear. É que nesta concorrida Reunião havia muitos sócios dos Diabos Vermelhos na sala, e muitos sócios que nem estão em nenhum sector de claques e que quiseram vir mostrar a sua indignação pela maneira como a Direcção tem tratado aqueles que estão sempre do lado do Benfica.
Até ficámos a saber à conta da excelente, e oportuna, intervenção do sócio Nuno Tadeu que o Presidente desconhecia factos tão graves como a invasão policial à sala de convívio do Benfica em dia de derby com o Sporting.
Agora que já sabe, agora que já viu e ouviu a nossa causa, o que vai fazer Senhor Luís Filipe Vieira?!

Etiquetas:

posted by J G at 1:10 da manhã

9 Comentários:

Chamar-nos arruaceiros...
Blogger Quetzal Guzman, at 1:20 da manhã  
Parabéns, gostei do que li.

As Assembleias Gerais são para isso mesmo.

O que fez esse tal de granadeiro para sequer merecer receber tal distinção?

Gostava de saber afinal o que está em causa com a legalização ou ilegalização das claques, tem a ver com a nova lei ? o que é que as claques do SL Benfica reivindicam ?
Blogger Lynch, at 1:42 da manhã  
Ninguem pôs em causa a deficiente organização da equipa de futebol?
Anonymous Anónimo, at 8:29 da manhã  
so esta manha soube do q se passou na assembleia...
n vou aprofundar mto a situaçao q levou a tais desacatos, pois cm disse n tive presente e tb cm sou de longe n sei bem o q se anda a passar c as claques e cenas do genero...so sei plo q leio pla net..
agora,e n tou p aqui a defender a direcção, tb qd é p criticar tb critico e vice versa, o q me deixou mto surpreso foi o resultado da 1ªvotaçao do relatorio e contas...
desculpem,mas ao ver esta votaçao q nem mereceu 50% de aprovaçao(abstençao e contra salvo erro superior a 50%)fico a pensar o q os adeptos e neste caso socios do benfica querem???
se calhar mais vale continuar a dar prejuizos e aprovar esses prejuizos c quase unanimidade de votos favoraveis a essas contas...
desculpem,mas ao irem p uma assembleia p dizer mal de td, se for preciso votar contra algo de bom q foi feito no clube, é q n aceito..
o resto do q se passou n sei,nem tou por dentro do assunto,por isos prefiro n comentar....
agora n aceito q se va p uma assembleia em q se vota um relatorio e contas q pla 1ªvez apresenta lucro e cm se ta nessa assembleia p "ajustar" contas c a direçao vota-se contra...
inadmissivel...mais vale voltar aos tempos de passivos milionarios, ai tlv se vote quase por unanimidade....
ha q saber distinguir os pontos da assembleia, o q n aconteceu e aproveitou-s p meter td no mesmo saco...
mais uma vez so tenho uma palavra
INADMISSIVEL
pedro
pedro
Anonymous Anónimo, at 8:52 da manhã  
Concordo plenamente com o conteudo do post.

O clube é dos sócios, e as claques não são sócios de 2ª (são até
muitas vezes, dos que mais vibram).

Não é uma questão da equipa de futebol, mas de exigir que a direcção defenda os adeptos do clube.

Quanto à nomeação do Granadeiro... concordo novamente com o post.
Desculpa la a expressão... mas que raio fez esse gajo pelo clube? É sequer do Benfica?!?
Blogger Luis Gonçalves, at 9:38 da manhã  
Achei fantástica a iniciativa das claques e espero sinceramente q seja para continuar mas com ainda mais mobilização.

E acho q devia ter sido mais radical: as contas deviam ter sido chumbadas. E se LFV amuasse e fosse embora óptimo.

Agora só tenho pena das ameaças e dos insultos, isso vai fazer desviar as atenções do q realmente interessa. Hoje vai-se ouvir dizer q são todos vandalos, arruaceiros e q a policia faz muito bem em bater. Não se pode perder a cabeça nestas coisas, uma mobilização pacifica a chumbar tudo o q fosse proposto seria fantástico.

O Nuno falou, muitos parabens a ele. Infelizmente acho q vai cair em saco roto. Mas, na próximo AG, volta-se à carga, com mais mobilização, mas intervenções como a do Nuno e mais chumbos.

Enquanto o Paulo Silva lá estiver tudo é chumbado, enquanto houver repressão aos benfiquistas tudo é chumbado. E tudo de forma pacifica...tornar os engravatadinhos os arruaceiros...isso sim seria a melhor resposta!!!

J G para a próxima sobe tu tb ao microfone e lê este post aos palhaços dos engravatadinhos...
Blogger Pedro, at 9:56 da manhã  
Ora muito bem...não estive presente na AG e, como tal, posso estar a falar de cor. Nada como ter estado presente para ter a noção real do que aconteceu.

Pelo que se lê na imprensa, destaco este link do Record (http://www.record.pt/noticia.asp?id=763022&idCanal=11) onde se diz que "Vieira foi insultado e os jornalistas ameaçados". Gostaria que me confirmassem, da forma mais imparcial possível. Já agora, não há imagens da AG?

Quanto à minha opinião, obviamente que estou de acordo com o conteúdo do que o JG escreveu. Aliás, tenho uma palavra a dizer sobre este assunto, através de um artigo que escrevi no Catenaccio, datado de 22-12-2004. Apesar de tudo, continua bem actual e opde ser encontrado através do link (http://catennac1o.blogspot.com/2004/12/claques-feios-porcos-e-maus.html). A certa altura, escrevo o seguinte:

"A imagem actual é a de que os elementos que compõem uma claque são indivíduos agressivos, que utilizam o futebol para exprimir desalento pessoal e raiva colectiva. Serão mesmo feios, porcos e maus? O Catennacio pensa o contrário."

"Mas os clubes não podem viver sem as claques. A mística perdida pelos jogadores de futebol está agora centrada nas bancadas. As imagens de bom futebol e bons espectáculos, encontra-se menos nos relvados e mais nas coreografias criadas. Apenas as provocações e os maiores ataques verbais passaram das bancadas revestidas de cores e símbolos para outros agentes: os dirigentes desportivos."

"Os feios, porcos e maus ainda existem, mas mudaram de lugar. Não vale a pena procurar no meio de cachecóis que se agitam ao vento. Tentem observar para as tribunas presidenciais que pode ser que descubram alguns."

Já passaram quase 3 anos, mas ainda hoje mantenho aquilo que escrevi e, como vêem, o assunto não perdeu sentido de oportunidade.

O problema está, porventura, na forma como se lida com a situação. Acredito que tenham a razão do vosso lado, mas partir para insultos ou não deixar o presidente argumentar não é bom princípio. Ao transformarem a AG num monólogo de gritaria, começam a perder a razão e a prejudicar a imagem. Há que agir com mais inteligência e racionalidade. Como não sei efectivamente como foi o ambiente e qual o teor das intervenções, posso estar a ser injusto.

Por fim, expliquem-me porque tem havido tanta resistência face à legalização? Eu nem sou daqueles que critica a acção das claques, até porque passei alguns anos na curva dos NN, logo no início da década de 90, quando tudo surgiu. Adoro ver a Catedral transformada num inferno e respeito imenso o sentimento de apoio que as claques transmitem, mas gostaria que se comportassem como o resto da sociedade. Ou seja, se todos nós temos de estar legalizados perante a sociedade porque carga de água as claques haviam de ser excepção? Eu não tenho Bilhete de Identidade? Se pertencer a uma Associação, não tenho direito a cartão de sócio? Quando peço um empréstimo a um Banco, não tenho de apresentar documentos comprovativos que atestem a minha idoneidade? Quando me desloco para fora da UE não tenho de apresentar passaporte e visto? Quer dizer, se para todos os deveres enquanto cidadãos temos de comprovar uma série de elementos (identificação, residência, etc etc etc) porque haveria de ser diferente em relação às claques? Assim, nunca hão-de ser verdadeiramente respeitados. Costuma-se dizer, quem não deve, não teme...

P.S. Gostaria que alguém disponibilizasse a lei que obriga as claques de futebol a seguirem o rumo da legalização. Para melhor compreender o fenómeno, o que está em causa e melhor discutirmos quais os direitos/deveres associados a essa legalização.

Cumprimentos.
Blogger catenaccio, at 11:04 da manhã  
A forma como os filhos da puta da TSF noticiam / manipulam a informação acerca da assembleia de ontem é uma vergonha. Começam a noticia dizendo que as contas foram aprovadas, que a proposta do Granadeiro para sócio honorário foi chumbada e que quando o assunto foi as claques o presidente foi insultado por elementos do NN e DV. A seguir a esta introdução passam a intervenção do LFV a dizer que tem o gabinete aberto, o Vilarinho a pedir silêncio, e o povo a barafustar. Não há uma única referência aquilo que foi dito por todos os sócios que ontem usaram da palavra. Filhos da puta, controlam esta merda toda, parece que estamos na Birmania.
Anonymous jfelix, at 11:17 da manhã  
Começo por dar os parabens pelo excelente post.

Antes de comentar o que se passou ontem informo que não pertenço a nenhuma claque e que tenho cativo não perdendo um unico jogo de futebol e que papo muitos das modalidades.

Quando ontem disse "Não está facil, mas tb farei tudo por estar presente" estava mesmo a ver que não poderia ir, mas depois lá consegui chegar a tempo de votar contra o Granadeiro.
Não consigo é perceber onde é que esta votação teve 1200 votos a favor pois apenas lá na frente se levantaram alguns votos (a não ser que lá houvesse alguns de 100 votos), deve ter sido mesmo para passar a imagem que mesmo tendo sido chumbada a proposta ainda houve muita gente a votar a favor, mas na realidade isso não aconteceu e reparem no promenor da difrença total de votos do relatorio de contas para a votação do Granadeiro.
Na votação do relatorio de contas houve 2314 votos na do Granadeiro houve 3118, será que alguem me consegue explicar o porque de tal diferença?

Tanto LFV com o Viravinho quizeram passar a imagem de que a AG foi invadida pela claque dos NN e que foram para criar destabilidade á mesma o que não aconteceu.
O que aconteceu foi apenas reações (sim algumas com palavras mais improprias) a todas as barbaridades que eram ditas pela direcção do Benfica, tais como:
- "a porta do meu gabinete está sempre aberta"
- "não fomos nós que chamamos a policia"
- "eu saio na frente", porque não o fez?
- "a policia já foi embora" viu-se, então expliquem-me quem eram aqueles que estavam á porta vestidos de macacos dentro de uma carrinha azul?

Não sei se LVF vai alterar a sua posição ou vai fazer como se as suas "orelhas" não tivessem captado nada.
Para poder tirar algumas conclusões chega o que ouviu da boca do Maximo e do Tadeu pois ai sim foram grandes liçoes para ele.

CLAQUES, ESTOU CONVOSCO...qualquer um de nos pode ser apanhado por uma limpesa estupida da policia, tal como me aconteceu a mim no ultimo Benfica-porto.

FORÇA BENFICA...
Blogger CARLOS FREIXO, at 12:37 da tarde  

Comentar